governo 2

Canções e circo mesclam espetáculos cênicos no Teatro do Kaos

Com entradas a R$ 5,00, as sessões têm classificação de 16 anos

Comentar
Compartilhar
23 MAI 2019Por Da Reportagem10h50
As peças integram a Campanha de Popularização do Teatro em CubatãoFoto: Fausto Franco

Diferentes linguagens artísticas, como a música e o circo, envolvem as últimas peças em cartaz na Campanha de Popularização do Teatro em Cubatão. Neste sábado (25), 'Nostalgia do Amor Ausente', às 20 horas, enquanto no domingo (26), 'Benjamin - O Filho da Felicidade', no mesmo horário no Teatro do Kaos. Com entradas a R$ 5,00, as sessões têm classificação de 16 anos.

Baseado no conto homônimo do gaúcho Walmor Santos, 'Nostalgia do Amor Ausente' é um monólogo entre a loucura e a realidade, em que a plateia por mergulhar nas dores ora da personagem, ora da atriz, ora de nós mesmos. No palco, a figura de Lúcifer é entregue à dor do amor perdido, entre músicas de diferentes épocas que também embalam a melancolia dos solitários. Pri Calazans adapta e atua, Déia Oliveira assina a direção, sob a orientação de Nelson Baskerville. O músico convidado é Marcelo Marinho.

Na sessão seguinte, a peça aborda um recorte da história de um dos criadores do circo-teatro brasileiro: Benjamin de Oliveira. Ele era negro, palhaço, ator, compositor, ensaiador, figurinista, autor e produtor cultural. Tal recorte é um ponto de partida para questões sobre a afirmação da identidade negra no Brasil, com foco nas artes. A peça tem direção de Miriam Vieira e dramaturgia de Ronaldo Fernandes, com orientação de Baskerville. No elenco, Jair Moreira, Hugo Henrique, Kevelin Santos e Emanuella Alves.