GOVERNO 3

Campanha de vacinação contra o sarampo em Santos visa crianças com doses faltantes

A campanha seletiva seguirá até 25 de outubro para vacinar as crianças com doses faltantes

Comentar
Compartilhar
04 OUT 2019Por Da Reportagem18h47
De segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, a vacinação é realizada em 29 policlínicasFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Campanha de vacinação contra o sarampo visa crianças com doses faltantes

A partir desta segunda (7), os pais e responsáveis de crianças de seis meses a menores de cinco anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias) estão convocados as levá-las aos postos de saúde para verificação do esquema vacinal contra o sarampo. A campanha seletiva, parceria entre o Ministério da Saúde, Secretaria de Estado da Saúde e municípios, seguirá até 25 de outubro para vacinar as crianças com doses faltantes.

De segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, a vacinação é realizada em 29 policlínicas (endereços abaixo). É preciso levar documento de identidade com foto ou certidão de nascimento, cartão SUS e carteira de vacinação para verificar a necessidade de tomar a vacina. Ao todo, há em Santos 19.678 crianças na faixa etária.

As crianças de seis meses a menores de um ano (até 11 meses e 29 dias) que não estão protegidas devem tomar a dose Zero, que não é contabilizada no calendário vacinal. Desde 12 de agosto deste ano – após início de campanha para conter o avanço da doença - já foram vacinadas em Santos 1.832 crianças deste público, restando 431 para se atingir a meta de cobertura de 95% (2.264 vacinadas).
 
COBERTURA

O Calendário Nacional de Vacinação prevê a aplicação da tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) aos 12 meses de vida e o reforço aos 15 meses com a aplicação da vacina tetraviral, que inclui a proteção contra varicela (catapora).

No ano passado (2018), 4.299 crianças de um ano de idade tomaram a vacina SCR (sarampo, caxumba e rubéola) – 95,19% do público-alvo (4.516). A meta mínima de cobertura é de 95%. Em 2019, já foram aplicadas 6.871 doses da vacina em crianças de um ano, diante da população de 4.768, o que representa cobertura de 144%.

ENDEREÇOS DAS UNIDADES

Orla/Zona Intermediária
Aparecida - Av. Pedro Lessa, 1.728
Campo Grande - Rua Carvalho de Mendonça, 607
Embaré - Praça Coronel Fernando Prestes s/nº
Gonzaga - Rua Assis Correia, 17
José Menino / Pompeia - Avenida Floriano Peixoto, 201
Ponta da Praia - Praça 1º de Maio s/nº
Conselheiro Nébias - Av. Conselheiro Nébias, 514 – Encruzilhada
Vila Mathias - Rua Xavier Pinheiro, 284 – Encruzilhada


Centro e Área Continental
Vila Nova - Praça Iguatemi Martins s/nº
Martins Fontes – Rua Luiza Macuco, 40 – Vila Mathias
Caruara – Rua Andrade Soares s/n°
Monte Cabrão – Rua Principal s/n°

 
Zona Noroeste
Alemoa e Chico de Paula- Praça Guilherme Délius s/nº - Alemoa
Bom Retiro - Rua João Fraccaroli s/nº
Rádio Clube - Avenida Hugo Maia s/nº
São Manoel - Praça Nicolau Geraigire s/nº - São Manoel
São Jorge e Caneleira - Rua Francisco Ferreira Canto, 351 - São Jorge
Castelo - Rua Francisco de Barros Melo, 184
Piratininga – Praça João de Moraes Chaves s/n° 

 

Morros
Marapé - Rua São Judas Tadeu, 115
Nova Cintra - Rua José Ozéas Barbosa s/nº
São Bento - Rua das Pedras s/nº
Valongo - Rua Prof. Maria Neusa Cunha s/nº - Saboó
Morro José Menino - Rua Doutor Carlos Alberto Curado, 77 A
Jabaquara – Rua Rangel Pestana, 475
Morro Santa Maria – Rua Um s/n°
Vila Progresso – Rua Três, casas 1 e 2 – Vila Telma
Morro da Penha – Rua Três, 150
Monte Serrat - Praça Correia de Melo s/n°

Colunas

Contraponto