Campanha de manutenção de caminhões e motos no Sistema Anchieta-Imigrantes termina hoje

De acordo com o coordenador do Centro de Controle Operacional da Ecovias, Fábio Ortega, foram montados três postos de atendimento

Comentar
Compartilhar
14 MAR 201322h40

A campanha de manutenção preventiva e segurança, realizada pela Ecovias, no Sistema Anchieta Imigrantes, termina hoje. A campanha é voltada exclusivamente para caminhoneiros e motociclistas que poderão fazer medição da pressão arterial e glicemia e revisão nos veículos. 

De acordo com o coordenador do Centro de Controle Operacional da Ecovias, Fábio Ortega, foram montados três postos de atendimento. No local, os usuários do SAI poderão, inclusive, fazer a troca de lâmpadas de luz de freios e lanternas danificadas. Todos os serviços que estão sendo prestados são gratuitos.

“O objetivo é estar orientando usuários - motociclistas e caminhoneiros - com relação à segurança na rodovia e também com relação à manutenção preventiva dos veículos, uma vez que a falha de alguns itens de segurança pode causar acidentes”, afirmou Ortega.

De acordo com estudo da Ecovias, os acidentes com caminhões na serra da via Anchieta acontecem com mais frequência em função do desgaste dos freios. Uma pesquisa da Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo mostra que 52% das mortes por acidentes envolvendo motociclistas ocorrem com veículos de baixa cilindrada.

Em 2005, o número de mortos reduziu 17%, e em 27%, as mortes por atropelamentos. A meta da concessionária para este ano é reduzir este índice em mais 10%. Ortega disse que a estimativa é atender até o final da campanha de 700 a mil motoristas que passem pelo sistema.

Os postos de atendimento foram instalados nas praças de pedágio da rodovia Imigrantes (km 32, da pista sul, sentido litoral) e Via Anchieta (km 32, da pista sul). Já os motoristas de caminhão devem se dirigir ao km 40, da Anchieta, no pátio dos caminhoneiros. O atendimento é das 9h às 16 horas.