Caminhoneiros bloqueiam entrada do Porto de Santos

Viaduto da Alemoa foi interrompido por horas e caminhões congestionaram Rodovia Anchieta. Paralisação deve ir até sexta-feira (27)

Comentar
Compartilhar
24 FEV 201521h19

Por cima, muita chuva e trovoadas. Do lado de baixo, no Viaduto da Alemoa – principal via de acesso a Porto de Santos – um confronto entre policiais e caminhoneiros autônomos, que iniciaram um grande protesto nesta terça-feira (24) contra aumento do preço do diesel, excesso de pedágios e baixo valor do frete, nos mesmos moldes que ocorrem em todo a País. Durante seis horas (entre 13 e 19 horas), os caminhoneiros congestionaram toda a pista Sul da Rodovia Anchieta, entre os quilômetros 61 e 64, incluindo a marginal.

Os manifestantes, que ocuparam o lado direito da pista, incluindo o outro sentido, pararam todos os veículos acima de três eixos. Somente carros, ambulâncias, ônibus e motocicletas podiam passar pelo lado esquerdo, proporcionando diversos pontos de lentidão. Muitos trabalhadores resolveram seguir a pé para casa. A Polícia ameaçou retirar os caminhões, mas os guinchos da Ecovias eram represados pelos manifestantes, que formavam grupos em vários pontos da pista.

Mais de 100 policiais foram enviados ao local, incluindo os do 2º Batalhão de Ações Especiais (Baep). Sete pessoas foram presas. Os detidos foram conduzidos ao 1º Distrito Policial no Centro de Santos. O ponto crítico ocorreu por volta das 17h30, quando a Polícia Rodoviária e o reforço do Baep entraram em conflito direto com os caminhoneiros sob e sobre o Viaduto da Alemoa. No mesmo tempo que os manifestantes arremessavam pedras do viaduto, recebiam tiros de borracha e bombas de efeito moral. Uma delas bateu na parede do viaduto e estourou ao lado do grupamento de choque. Somente às 18 horas a polícia conseguiu liberar o viaduto. A entrada da Cidade só voltou ao normal às 18h30.

A Ecovias - concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) - liberou a circulação de veículos que vinham de São Paulo (Capital) somente pelo acostamento da Via Anchieta. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) acusou pontos de lentidão na Avenida Martins Fontes, sentido Centro-bairros, entre Praça dos Andradas e Anchieta. A orientação era que motoristas acessassem a Rodovia dos Imigrantes por São Vicente (seguindo pela Avenida Nossa Senhora de Fátima).

Entrada do Porto de Santos ficou bloqueada até as 18h30 (Foto: Matheus Tagé/DL)