Banner gripe

Câmara devolve mais R$ 8 milhões à Prefeitura

O ato foi realizado no gabinete do presidente da Casa, vereador Adilson Júnior (PTB), que entregou o cheque administrativo ao prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB)

Comentar
Compartilhar
20 OUT 2017Por Da Reportagem10h31
O prefeito Paulo Alexandre voltou a descartar que o dinheiro será utilizado só para complementar a folha de pagamento do funcionalismo públicoFoto: Raimundo Rosa/PMS

Novamente, sem sequer procurar saber onde e como o dinheiro será gasto, a Câmara de Santos devolveu ontem mais R$ 8 milhões ao Executivo. O ato foi realizado no gabinete do presidente da Casa, vereador Adilson Júnior (PTB), que entregou o cheque administrativo ao prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB). Adilson Júnior disse, inclusive, que um projeto para construção de um anexo para o Legislativo está concluído, mas que resolveu não iniciar a obra em função de outras prioridades do Município.

O prefeito Paulo Alexandre já havia recebido, em 18 de setembro último, R$ 7 milhões da Câmara. Ontem, ele voltou a descartar que o dinheiro será utilizado só para complementar a folha de pagamento do funcionalismo público. “Esse dinheiro será importante, vai para o caixa geral da Prefeitura para pagar tudo, funcionário, remédio, manter postos de saúde, merenda escolar, obrigações fiscais, enfim. Governar é fazer escolhas e a Câmara está fazendo sua parte”, elogiou o prefeito, cercado de parlamentares.

O montante de ontem refere-se a segunda parcela de um total de R$ 23 milhões, previstos a serem enviados até o final deste ano. A dívida de munícipio está na casa dos R$ 150 milhões, sendo metade somente com a Terracom, responsável pelo limpeza urbana de Santos. Só com salários e encargos dos servidores ativos e inativos, a Administração gasta mensalmente R$ 87 milhões.

Colunas

Contraponto