Câmara cobra fiscalização sobre caminhões

Vereador Roxinho pediu explicações da CMT sobre estacionamento irregular no Jardim Casqueiro

Comentar
Compartilhar
24 ABR 201410h54

O vereador Fábio Roxinho (PMDB) cobrou explicações do superintendente da Companhia Municipal de Trânsito (CMT) a respeito de caminhões e ônibus de empresas que estão estacionando irregularmente nas vias públicas do bairro Jardim Casqueiro. O requerimento foi apresentado e aprovado durante a última sessão ordinária, realizada na terça-feira, dia 22. 

Segundo Roxinho, motoristas têm deixado seus veículos estacionados nas ruas Portugal e Espanha, entre a Avenida Brasil e Joaquim Jorge Peralta. A prática irregular ocorre, segundo ele, como se o estacionamento no local estivesse regulamentado, causando transtornos aos moradores locais, como afundamento do asfalto e quebra de calçadas.

Para Ademário da Silva Oliveira (PSDB), é preciso pensar numa regulamentação que estabeleça exceções de modo que minimize os transtornos causados aos caminhoneiros cubatenses. Hoje, eles acabam estacionando seus veículos longe de suas residências. O vereador diz que a CMT deve cumprir seu papel, notificando e multando quem deve ser penalizado e não o trabalhador local.

Aguinaldo Araújo (PDT) considera que a defesa dos caminhoneiros deve ser assumida pelos vereadores, afinal é uma categoria profissional que muito serve à Cubatão, uma cidade de vocação industrial. 

Vereadores querem fiscalização de estacionamento irregular de caminhões (Foto: Matheus Tagé/DL)

Severino Tarcício da Silva (PSB), o Dóda, conta que alguns motoristas já pensam em deixar a cidade por causa da impossibilidade de estacionar caminhões e ônibus no logradouro público. “É preciso destinar um local digno, em caráter de urgência, para guardar os veículos com segurança”, ressalta o parlamentar.

Já o vereador Adeildo Heliodoro dos Santos (SDD), o Dinho Heliodoro, argumenta que esse problema pode ser resolvido numa ação conjunta entre os moradores e o poder público. O vereador comenta que somente veículos de empresas particulares devem ser impedidos de estacionar nas vias públicas. Ônibus e caminhões com placa do município precisam ter uma credencial fornecida pela CMT para que possam estacionar tranquilamente.