X
Cotidiano

Câmara aprova Projeto de Lei que trata da gestão do PS Central de Cubatão

Pronto-Socorro Central, por ser um tipo de emergência e urgência, poderá ser adequado ao projeto de reabertura do Hospital Municipal

O Projeto de Lei nº 60/2017, do Executivo, foi aprovado em primeira e segunda discussões, em sessões extraordinárias realizadas ontem, na Câmara de Cubatão / Divulgação

O Projeto de Lei nº 60/2017, do Poder Executivo, que trata da gestão, funcionamento e financiamento do Pronto Socorro Central Guiomar Ferreira Roebellen foi aprovado em primeira  e segunda discussões, em sessões extraordinárias, realizadas ontem, na Câmara de Cubatão.

O Pronto-Socorro Central, por ser um tipo de emergência e urgência, poderá ser adequado ao projeto de reabertura do Hospital Municipal.

O PL revoga o parágrafo único do artigo 1º da Lei nº 3.777, de 12 de janeiro de 2016. O dispositivo retirado estabelecia que a transferência da gestão autorizada era, exclusivamente do serviço de atendimento por profissional médico. Com isso, outros serviços, como de tomografia, lavanderia, alimentação entre outros ficaram prejudicados, com o fechamento do Hospital, que tinha contrato, onde esses tipos de serviços eram realizados.

Com a revogação do dispositivo, a Administração Municipal poderá efetuar as contratações, especificamente, para o Pronto Socorro Central. O objetivo, segundo consta no parecer conjunto das Comissões de Justiça e Redação, a de Finanças e Orçamento, e de Saúde, da Câmara é evitar que o contrato de gestão para o equipamento de Saúde seja interpretado, como terceirização de mão-de-obra.

Ao mesmo tempo em que aprovaram o PL, por entender que oferecerá maior dinamismo no atendimento na Saúde Pública, os vereadores fizeram questão de cobrar medidas emergentes, uma vez que a previsão para a reabertura do hospital é para setembro próximo, e a necessidade de atendimento médico pelos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) é urgente.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Professor usa plataforma pornô para dar aulas de matemática

O taiwanês trabalhava há tempos no mercado de cursinhos, um ramo milionário em uma região marcada pela competitividade no ambiente educacional

Brasil

Bolsonaro participa da formatura de cadetes do Exército na Aman

Os 391 cadetes são do 4º ano da Turma Dona Rosa da Fonseca

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software