Câmara aprova e educação de Praia Grande terá quase meio bilhão

O valor total do orçamento de mais de R$ 1.5 bi foi destacado pela primeira vez durante uma audiência pública do Projeto da Lei Orçamentária Anual

Comentar
Compartilhar
06 NOV 2019Por LG Rodrigues08h00
Ao todo, Secretaria Municipal de Educação receberá R$ 487.790.362,00 do orçamento de Praia Grande para o ano de 2020. Valor equivale a pouco mais de 25% da cifra total direcionada ao municípioFoto: Divulgação/PMPG

A Câmara Municipal de Praia Grande aprovou no fim da manhã desta terça-feira (5) o orçamento do município para 2020 em primeira discussão de maneira unânime. A cifra que circulará na cidade ficou fixada num total de R$ 1.776.745.777,00. A área que receberá mais investimentos durante os próximos 12 meses será a da educação, que receberá quase meio bilhão.

O valor total do orçamento de mais de R$ 1.5 bi foi destacado pela primeira vez durante uma audiência pública do Projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) realizado na própria Câmara em outubro na Câmara Municipal, e apresenta uma variação positiva em torno 7% em relação ao ano de 2019.

Deste total, R$ 1.653.508.911,00 está destinado à Administração Direta, que engloba Prefeitura e Câmara Municipal, e R$ 123.236.866,00 para o Instituto Municipal de Previdência de Praia Grande (IPMPG).

O orçamento foi aprovado durante a 35ª sessão ordinária de maneira unânime após a leitura do projeto de Lei n° 67 de 2019, de autoria do Executivo Municipal, que estima a receita e fixa a despesa de Praia Grande para o Exercício de 2020, ter sido efetuada no plenário. Aprovado em pouco menos de 15 minutos, o projeto de lei detalha os gastos nas áreas de assistência social, educação, saúde pública, urbanismo, meio ambiente, obras públicas, habitação, serviços urbanos, trânsito, transportes, assuntos institucionais, cultura, turismo, esportes e lazer.

Entre as áreas para onde a maior parte das cifras foram enviadas estão educação, saúde pública e serviços urbanos com as obras públicas em um quarto lugar muito próximo. De acordo com o projeto de lei orçamentária formulado pela administração municipal e assinado pelo prefeito Alberto Mourão, a Secretaria Municipal de Educação ficará com a maior fatia do dinheiro de Praia Grande, totalizando R$ 487.790.362,00, pouco menos de meio bilhão de reais e R$ 20 milhões acima do mínimo requerido.

Alvo de reclamações constantes da população, a saúde pública ocupa a segunda posição na lista de prioridades do governo de Alberto Mourão e receberá R$ 338.337.316,00. Os investimentos serão realizados no mesmo ano em que a cidade busca, em parceria com o Governo do Estado, ampliar a quantidade de leitos e serviços oferecidos pelo Hospital Municipal Irmã Dulce.

O encontro entre o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, o prefeito Alberto Mourão e o secretário de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira, foi realizado na segunda-feira (4).

Com gastos totais de R$ 212.155.770,00, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos ficou na terceira colocação seguida de perto pelos investimentos que deverão ser realizados durante os próximos 12 meses em obras públicas, que ficarão com pouco mais de R$ 200 milhões.