Governo SP

Busca por figurações em produções cinematográficas aumenta em Santos

Cachês pagos para uma jornada de até 12 horas de gravação podem variar de R$ 50,00 a mais de R$ 3 mil, dependendo do tipo de serviço

Comentar
Compartilhar
20 MAI 2019Por Da Reportagem18h23
Série Hebe atraiu mais de 300 figurantes por diaFoto: Divulgação/PMS

Já pensou em fazer figuração para novelas, filmes e propagandas de tevê? Em Santos, que nos últimos 13 anos, segundo dados da Secretaria Municipal de Governo (Segov), recebeu cerca de 600 locações para gravações dos mais variados segmentos da indústria audiovisual, a procura por este trabalho tem aumentando e constituído uma forma criativa de geração de renda.

Segundo produtores de elenco atuantes na Cidade, os cachês pagos para uma jornada de até 12 horas de gravação podem variar de R$ 50,00 a mais de R$ 3 mil, dependendo do tipo de serviço a ser executado e do perfil do selecionado.

De acordo com Márcia Fernanda Aver, gerente de agência de casting com sede em Santos, nos últimos quatro anos, cerca mil pessoas fizeram figurações para comercias de tevê por meio da empresa em que atua.

"Temos trabalhado com propagandas de cerveja, de automóveis e de escola de idiomas. O cachê líquido para essas figurações não tem um valor fixo. Dependendo do trabalho, para uma jornada de 12h de gravação, pode variar de R$ 100,00 a R$ 600,00. Se a pessoa tiver protagonismo como uma fala, por exemplo, o valor aumenta. A jornada de 10h pode ter remuneração bruta de R$ 1 mil a mais de R$ 3 mil", explica.

Marcos Cardoso Font Pinheiro, conhecido como Kinho Font, que também trabalha no setor de elenco na Cidade, destaca que os pagamentos mais altos são para pessoas com mais experiência. "Quem está começando normalmente faz papel de figurante. Quem tem mais experiência, ou mesmo aquele que se destaca no set, pode conseguir papeis com maior exposição, e também maior remuneração".

No entanto, Kinho, que recentemente trabalhou com castings para o filme sobre Hebe Camargo e para a série Coisa Mais Linda, exibida pelo Netflix, ambos com locações em Santos, destaca que há muitas oportunidades de serviço nesse segmento.

"Não há limite de idade ou necessidade de experiência comprovada para início. Importante frisar que figuração não é bico. É um trabalho que exige comprometimento e força de vontade. Para conseguir a vaga, tudo depende do perfil que é buscado pelo contratante, e isso varia muito. Vai de crianças de 6 anos a pessoas com mais de 60, de diferentes etnias e tipos físicos. A quantidade de vagas também varia de produção para produção. Na Hebe, chegamos a ter 300 figurantes por dia", explica.

A santista Helen Lima Ribeiro, de 26 anos, moradora do bairro Campo Grande, investe há seis anos nas figurações. "Já participei de mais de 20 filmagens, algumas em Santos e outras em São Paulo. É um segmento que está crescendo em Santos. Recentemente, participei aqui na Cidade de Coisa Mais Linda. Alguns trabalhos valem muito a pena. São boas oportunidades de geração de renda", conta.

Seleções de elenco

As seleções para as equipes das agências de elenco normalmente são realizadas por meio de e-mail ou das redes sociais das empresas que atuam no ramo. Além disso, é importante destacar que as oportunidades podem surgir para serviços em Santos, Capital e outras regiões do País.

"Além disso, nessa área também tem muita gente que faz cadastro em mais de uma agência, o que garante seleções para diversos trabalhos. As oportunidades aumentam. Algumas produções chegam na Cidade com elenco já formado, outras buscam inúmeros figurantes aqui", diz Kinho.

Contatos para mais informações com Kinho Font e Márcia Fernanda podem ser feitos pelo WhatsApp. O número de Kinho é (13) 98171-5544. Já o de Márcia: (13) 99117-9779.

Santos é cenário para todo tipo de produção

Santos é reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) como Cidade Criativa em Cinema desde 2015. As produções recebidas pelo Município têm o apoio logístico e de infraestrutura da Santos Film Commission, órgão subordinado à Secretaria Municipal de Governo (Segov).

Nos últimos 13 anos, segundo dados da Film Commission, a Cidade foi cenário para 228 filmes publicitários, 25 longas-metragens, 90 curtas-metragens, 15 séries, 23 documentários (entre eles um sobre Pelé, para a BBC de Londres), quatro novelas, 39 videoclipes e 57 programas de tevê.

Também colaborou com 26 pré-estreias e 18 testes de elenco, além de 45 produções acadêmicas e ensaios de moda para a Revista VIP com o rapper Projota e da marca Colcci.

Entre os videoclipes rodados na Cidade, destaque para Morena, do cantor Vitor Klay, e de MC Ralado, no ano passado. Entre os comerciais, marcas como General Motors, Fiat, Natura, Boticário, Avos, Rexona, Itaú e Tim, entre outras.

Colunas

Contraponto