X
Cotidiano

Buracos preocupam pedestres no Centro

Após acidente, Prefeitura sinalizou bueiro sem tampa, mas desníveis são frequentes nas calçadas da Rua General Câmara

Dono de um estacionamento usa a placa para sinalizar desnível na calçada; tampa de metal que cobre caixa de passagem de fiação de telefonia teria sido furtada / Rodrigo Montaldi/DL

Eles estão por toda parte: no trecho entre as ruas da Constituição e Brás Cubas, no Centro de Santos, outros dois buracos próximos ao local onde um homem sofreu um acidente na manhã da última terça-feira colocam em risco a segurança dos pedestres na Rua General Câmara.

Além do perigo de acidentes similares, as crateras expõem os transeuntes a um risco adicional: como parte das calçadas apresentam avarias, muitas pessoas trafegam pela rua, constantemente tomada por ônibus e caminhões neste ponto da cidade.

A situação foi identificada na manhã de ontem pela reportagem do Diário do Litoral. Quase em frente ao bueiro sem tampa onde ocorreu o acidente, um pedestre precisou usar a rua para atravessar a via, uma vez que uma cratera ocupa o passeio público.

Um pouco mais a frente, na altura do número 215, o roubo de uma tampa de ferro na última semana preocupa quem trafega pelo espaço. Tentando minimizar o risco, o dono de um estacionamento próximo usa a placa do estabelecimento para sinalizar o desnível.

“Um cliente que havia feito uma cirurgia no joelho reclamou do perigo e nós achamos por bem tentar sinalizar para que não aconteça algum acidente grave”, conta Paulo Henrique.

De acordo com a Administração, trata-se de uma caixa de passagem de fiação de telefonia de responsabilidade de uma concessionária. A subprefeitura da Região Central Histórica já intimou a empresa para recolocar a caixa o mais breve possível. A Prefeitura garante que não se sabe motivo da ausência da caixa, porém não foi feito nenhum registro na Ouvidoria, Transparência e Controle (OTC) pelo proprietário do imóvel, ou outro munícipe.

Risco

Após o acidente na manhã de ontem, a Prefeitura providenciou a sinalização da Rua General Câmara, próximo a rua da Constituição.

Segundo testemunhas, a vítima estava indo em direção ao ponto de ônibus, que fica em frente ao local, quando aconteceu o acidente. Ao perceber que ia cair, ele abriu os braços, para impedir que se machucasse ainda mais.

Logo após a queda, ele foi socorrido por populares, que chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Eles informaram a reportagem que ligaram para o serviço, mas foram orientados a entrar em contato com o Corpo de Bombeiros. O homem teve que aguardar 45 minutos até que uma ambulância chegasse ao local para socorrê-lo.

Em nota, a Prefeitura de Santos informou que a revitalização da Rua General Câmara, projeto que inclui pavimentação, execução de sarjetas, renivelamento de guias e poços de visita e substituição de tampões danificados, além de limpeza e desobstrução de galerias de águas pluviais, está 99% concluída.

Segundo a Administração, faltam apenas alguns arremates, pontos com problemas apontados pelo fiscal.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CÂMARA DE SP

Com aumento de crimes, vereador insiste em fim do PIX em São Paulo

Após aumento de 228% de crimes contra o PIX, Marcelo Messias (MDB) voltar a falar da importância de projeto que pede o fim da ferramenta na Capital

Chuva

Tempestade 'engole' Ponte Rio-Niterói; veja vídeo

O temporal também causou chuva de granizos e ventos fortes em alguns pontos, derrubou árvores, danificou telhados e quebrou vidros das janelas de duas policlínicas

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software