Bombeiros confirmam quinta morte provocada pelo temporal no Rio

O adolescente de 15 anos foi encontrado por moradores em uma vala de Cordovil, zona norte do Rio de Janeiro

Comentar
Compartilhar
07 MAR 201312h30

Foi encontrado na manhã desta quinta-feira (7) o corpo de Lucas Alex Garcia, de 15 anos, que  estava desaparecido há dois dias, depois de ter sido levado por uma enxurrada causada pelo temporal da última terça-feira (5), em Cordovil, na zona norte do Rio. A confirmação é do Corpo de Bombeiros. O adolescente foi encontrado em uma vala por moradores.

A morte de Lucas é a quinta provocada pelo temporal que causou estragos e muitos transtornos na capital e em municípios fluminenses. O fornecimento de energia continua interrompido em trechos de vários bairros da cidade e de municípios da Baixada Fluminense e o lixo e a lama ainda ocupam ruas da capital.

População do Rio enfrenta transtornos após a chuva

 A população do Rio ainda enfrenta problemas por causa da tempestade nesta terça-feira (5) à noite. Há ruas submersas, muito lixo espalhado pela cidade e vários bairros sem luz tanto na capital quanto em municípios da região metropolitana.

Estragos causados pela forte chuva na noite desta terça-feira (5) na cidade. Na foto, carro cai em buraco de obra de saneamento na região da Lapa (Foto: Tania Rêgo/ ABr)

A forte chuva provocou quatro mortes. Foram mais de duas horas de chuva torrencial na noite de ontem e muita gente teve problemas para voltar para casa na saída do trabalho. De acordo com a Defesa Civil do estado, duas mulheres morreram eletrocutadas na zona sul, um homem morreu atingido por um muro que desabou na Baixada Fluminense e outro homem não sobreviveu ao ser atingido por uma árvore na zona oeste.

Um rapaz de 15 anos está desaparecido na zona norte, depois de ter sido levado pela enxurrada. A previsão para hoje é chuva forte na capital, no sul do estado e na região metropolitana do Rio, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).