Bili anuncia exoneração de subprefeito da Área Continental de São Vicente

Decisão foi tomada ontem, após divulgação de vídeo em que João da Silva promete auxiliar moradores do núcleo Fazendinha, área particular invadida na Vila Ema, na Cidade

Comentar
Compartilhar
07 FEV 201410h48

O prefeito de São Vicente, Luis Cláudio Bili (PP) exonerou ontem das funções de subprefeito da Área Continental, João da Silva (Pros), que é vice-prefeito daquele município. A demissão ocorreu após um vídeo ser veiculado na imprensa, onde o vice-prefeito fazia uma reunião com moradores do núcleo Fazendinha, uma área particular na Vila Ema, na Área Continental ocupada, prometendo continuar auxiliando os munícipes. Um processo administrativo foi aberto para apurar o que Silva fazia no encontro.

“Afastei para investigar melhor essa situação. Fiquei surpreendido de forma triste, um cidadão com 72 anos e 44 de área pública fazer isso, me causou uma triste surpresa”, lamentou Bili durante entrevista coletiva concedida durante a tarde, no Fundo Social de Solidariedade da Cidade.

No lugar de Silva, assume o chefe de gabinete da Secretaria de Comércio, João Leonardo Mendes. No entanto, Silva ainda foi mantido no cargo de vice-prefeito.  

De acordo com o chefe do Executivo vicentino, o encontro de Silva com os moradores da Fazendinha não tinha seu aval. “Não sou favorável a ocupação, não tem meu apoio e nunca teve, tanto que foi exonerado, hoje (ontem) cedo ele foi comunicado da exoneração”.

 “Não sou favorável a ocupação, não tem meu apoio e nunca teve”, afirmou Bili (Foto: Matheus Tagé/DL)

No vídeo, divulgado na noite da última quarta-feira, o vice-prefeito afirma “vocês podem ter certeza de que eu ajudei vocês e vou continuar ajudando. Ultimamente, não estou ajudando porque nós estamos sem caminhão, sem máquina, por motivo de licitação. Então, vai haver uma nova licitação, como já houve, e os caminhões voltarão a trabalhar, voltarão as máquinas, e nós também voltaremos a ajudar vocês”.

Bili ainda afirmou que tomará outras providências contra o vice-prefeito além da exoneração do cargo de subprefeito. “Não posso expulsá-lo da sala de vice-prefeito, vou convidá-lo a tirar uma licença para que o processo administrativo tenha liberdade nas suas ações”.

Negociação de área

A área particular conhecida como Fazendinha, de preservação ambiental, é ocupada há anos de maneira irregular. Ontem, ao lado do secretário de Habitação de São Vicente,  Emerson Santos, o prefeito Bili anunciou que iniciou negociações com os quatro proprietários do terreno para uma saída benéfica a todos.

“Já iniciamos negociação com os proprietários, o terreno conta com um espaço de 160 mil metros quadrados que é possível a construção de um conjunto habitacional, a área é muito grande” pontua Bili.

De acordo com o secretário de Habitação, na Fazendinha existem 37 residências regulares. “Tem conjunto de famílias que mora no local há dez anos, há 30. Estamos tentando fazer através do diálogo um caminho que para nós encontremos uma solução”.