Bike Santos bate marca dos 2 milhões de viagens

Rumo aos seis anos de funcionamento – serão completados em novembro -, o programa tem usuários fiéis que utilizam diariamente o serviço

Comentar
Compartilhar
25 JUL 2018Por Da Reportagem20h30
O sistema de compartilhamento de bicicletas é, no final de semana, opção de lazer para famíliasO sistema de compartilhamento de bicicletas é, no final de semana, opção de lazer para famíliasFoto: Divulgação/PMS

O Bike Santos atingiu, no início da tarde desta quarta-feira (25), um número histórico: ultrapassou a marca de 2 milhões de viagens realizadas. Rumo aos seis anos de funcionamento – serão completados em novembro -, o programa da CET-Santos tem usuários fiéis que utilizam diariamente o serviço.

Caso de Guilherme Rebouças dos Santos Barrada, 28 anos, que está entre os fiéis usuários que já fizeram mais de 1 mil viagens, conforme dados da operadora do serviço.

"Não tenho ideia de número, mas uso muito mesmo. Para trabalhar e também quando vou à casa de amigos, pois sempre tem uma estação próxima. É muito prático e rápido, além de econômico".

Morador do Marapé, ele também lembra que fazia faculdade quando o horário de funcionamento foi ampliado para 23h - em 2015 - e facilitou mais para os estudantes.

Além da rotina de atividades diárias, o sistema de compartilhamento de bicicletas é, no final de semana, opção de lazer para famílias.

Crescimento

Implantado no final de 2012, o Bike Santos operava inicialmente com 15 estações e foi ampliado já no ano seguinte. Hoje, são 37 pontos para retirada e entrega de bike em toda a Cidade, inclusive a Zona Noroeste.

Para reformulação do programa, no ano passado a CET promoveu licitação e a Serttel Soluções em Mobilidade e Segurança Urbana se manteve como operadora do serviço, que passou a funcionar sem custos para o Município.

Com as mudanças, o programa ganhou o patrocínio da Unimed Santos e a modernização da frota composta por 370 bicicletas.

Novas normas de gerenciamento e uso foram estabelecidas como a necessidade da compra de passe para utilização das bikes, medida que visou a redução dos casos de vandalismo e a fidelização dos usuários. São oferecidas opções de passes (anual, semestral, mensal e diária), sendo a aquisição exclusiva com cartão de crédito.

A remodelação só fez crescer o interesse pelo serviço. Nos seis primeiros meses de 2017, ainda sem cobrança de passe, foram totalizadas 96.149 viagens. Já entre janeiro e junho deste ano, os usuários fizeram 256.445 passeios – aumento de 166,71%.