Bertioga renova frota de coletivos com novos ônibus com ar-condicionado

Nove novos veículos atenderão às linhas 02 e 03. Até o fim do semestre a previsão é que metade da frota municipal seja renovada

Comentar
Compartilhar
20 MAR 2018Por Da Reportagem20h35
Com a aquisição destes novos ônibus, a frota municipal passa a ter média de 2,5 anosFoto: Divulgação/PMB

Foram entregues na tarde de hoje (19), nove ônibus novos de transporte coletivo urbano pela Viação Bertioga, empresa concessionária do serviço. A grande novidade é que os veículos são adaptados com ar refrigerado ecológico, que garantem conforto e segurança aos passageiros. Assim como os coletivos que já circulam na Cidade, os novos também têm acesso à internet por sistema Wi-fi e são acessíveis a pessoas com deficiência.

Com a aquisição destes novos ônibus, a frota municipal passa a ter média de 2,5 anos. A previsão é que mais dois sejam entregues pela empresa até o fim do semestre, totalizando a renovação de 11 coletivos, 50% da frota municipal.

Para o gerente da Viação Bertioga, Mario Marques, a renovação da frota demonstra a confiança que a empresa deposita na Cidade, uma das que mais devem crescer na Baixada. "A gente estava com uma média de frota de 6 anos, período dentro do contrato de concessão. Agora estamos passando por uma media de 2,5 meses. E, em breve, teremos uma nova leva de ônibus".

Na opinião do prefeito do Município, Caio Matheus, a renovação vai ao encontro do anseio e necessidade da população. "São ônibus mais modernos e seguros. O ar-condicionado, wi-fi e acessibilidade vão se traduzir em qualidade de prestação de serviço".

Tecnologia

Os veículos dispõem de computador de bordo. As funções são mostradas no visor do painel de instrumentos. Nele, são disponibilizadas informações, como: luz do letreiro, luz do salão, campainha quando toca, farol de neblina, qual é a marcha que está em operação e consumo de diesel.

Estes novos ônibus têm como novidade o sistema Multiplex que gerencia os comandos dos veículos, identificando possíveis problemas e indicando-os ao motorista através de sinal sonoro e mensagens de alerta no painel.

Inclusão

Os veículos novos possuem box com cintos de segurança para cadeira de rodas e seu ocupante, assentos preferenciais para idosos, gestantes, pessoas com crianças de colo, obesos e deficientes visuais, inclusive com espaço apropriado para acompanhamento de cão-guia. Bertioga foi a primeira cidade do Brasil a ter a frota de ônibus 100% adaptada, em 2010.

Os motoristas da empresa também recebem treinamento adequado para atender pessoas com necessidades especiais, com ênfase à operação segura do elevador para embarque e desembarque de cadeirante.

Conforto e Segurança

A empresa buscou no mercado nacional os ônibus mais completos em equipamentos, dentre os quais o sistema "anjo da guarda", da empresa Confiare de controle de velocidade (quando chove, o motorista aciona o limpador de pára-brisas e a velocidade é automaticamente reduzida, sem interferência direta do condutor) e controle de partida automático (os motoristas não seguem viagem quando qualquer uma das portas estiver aberta), que oferecem segurança e conforto aos passageiros. Ao todo, o Confiare monitora 87 itens de segurança do ônibus. Os ônibus possuem piso com revestimento Taraflex Ecoflex Azul.

Iluminação

A iluminação do interior dos veículos, degraus e os letreiros eletrônicos – TRANSLUX - informando a linha e o itinerário dos novos ônibus são equipados com lâmpadas LED na cor branca. Estas lâmpadas duram mais e consomem menos energia do que as lâmpadas convencionais, além de ecologicamente corretas. Estes novos ônibus da Viação Bertioga, além do letreiro na parte superior, contam com letreiro auxiliar localizado na parte inferior direita do para-brisa.

Motor eletrônico e ecológico

Todos os novos e modernos ônibus urbanos possuem carroceria CAIO APACHE VIP-SC IV 2018, recém lançado no mercado, e chassis Mercedes-Benz, modelo OF 1519 BlueTec 5. O motor Euro V é conhecido como "motor ecológico" que, por ser eletrônico, reduz em até 80% a emissão de poluentes em relação ao motor diesel convencional.

O motor eletrônico dos ônibus possui o sistema SCR. O sistema SCR é, basicamente, um sistema de pós-tratamento de gases de escape, que melhora o desempenho do veículo e reduz a emissão de gases poluentes.

Seu princípio básico consiste na injeção de um fluido chamado ARLA (Agente de Redução Líquido Automotivo) 32, com monitoração constante por meio de um sistema eletrônico. Com isso, os gases poluentes são tratados antes de serem lançados no ar, contribuindo para a melhoria da qualidade do ar que respiramos e do meio ambiente.