CENSO

Bertioga e Praia Grande alavancam crescimento populacional da Baixada Santista

Municípios cresceram mais de 30% em relação ao levantamento realizado em 2010; Cubatão disparou como a cidade que menos cresceu no Estado - redução de 5,2%

Luana Fernandes

Publicado em 28/06/2023 às 14:08

Atualizado em 28/06/2023 às 14:30

Comentar:

Compartilhe:

Bertioga foi a cidade que mais cresceu no Censo 2022 / Divulgação/PMB

Os dados do Censo 2022, divulgados pelo IBGE nesta quarta-feira (28), revelaram o crescimento de cinco cidades da Baixada Santista. Bertioga e Praia Grande liberam a lista das cidades que mais cresceram no Litoral Paulista. No geral, a Região teve um crescimento de 8,5% - de 1.664.136 pessoas em 2010 para 1.805.451 até o ano passado.

Bertioga, a cidade mais nova da Baixada, teve o maior crescimento nos últimos 12 anos - 34,7%. Em 2010, a caçula tinha 47.645 munícipes. Este número saltou para 64.188 em 2022, ou seja, 16.543 pessoas a mais. Um salto significativo também ocorreu em Praia Grande: de 262.051 em 2010 para 349.935 pessoas em 2022 - um crescimento de 33,5%. Ou seja, 87.884 moradores a mais. 

Os números do Censo também evidenciaram a queda de 5,2% na população de Cubatão. Em 2010, a cidade ocupava o quinto lugar em crescimento entre as mais populosas da Baixada. No ano passado, o município caiu para o sexto lugar. Foi de 118.720 para 112.471 pessoas - uma redução de 6.249 munícipes em 12 anos.

As cidades do Litoral Sul também ajudaram a alavancar o crescimento populacional da Baixada Santista. Começando por Mongaguá, que cresceu 33,8% (de 46.293 para 61.951 pessoas), os munícipes tiveram um aumento significativo. Em Itanhaém, o aumento foi de 29,1% - de 87.057 para 112.476 pessoas. Já em Peruíbe, a população cresceu de 59.773 para 68.344 munícipes - um crescimento de 14,3%.

Guarujá, Santos e São Vicente não apresentaram grandes mudanças durante estes 12 anos. É o que mostra os dados do Censo realizado no ano passado. A Pérola do Atlântico, por exemplo, teve uma redução de 1% na população: de 290.752 para 287.634. Em Santos, mesmo ainda com o maior número de moradores da Região, a população também reduziu: de 419.400 para 418.608 munícipes, uma queda de 0,2%.

Na vizinha São Vicente, os números também caíram: de 332.445 para 329.844, uma redução de 0,8%. Em 2010, a cidade ocupava o segundo lugar na lista dos municípios mais populosos da Baixada Santista. Em 2022, a primeira vila do Brasil foi ultrapassada por Praia Grande, ficando em terceiro lugar.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

São Vicente

Rua de São Vicente será interditada neste domingo, devido a obras da Sabesp; saiba qual

Agentes de trânsito estarão no local orientando os motoristas

Guarujá

PAT de Guarujá oferta mais de 200 vagas de emprego neste sábado (22); confira os cargos

É necessário levar a Carteira de Trabalho física ou digital, documento oficial com foto e PIS.

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter