Barco pega fogo em marina do Guarujá

Embarcação estava fundeada na Marina Astúrias. Não havia tripulantes na embarcação

Comentar
Compartilhar
14 JUN 201400h24

Uma nuvem de fumaça tomou conta do céu da Ponta da Praia no final da tarde de ontem, por volta das 16h45. O motivo foi um incêndio de um barco fundeado na área da Marina Astúrias, em Guarujá. A embarcação pegou fogo e ficou à deriva, parando somente no deck da empresa Saipem do Brasil. Os funcionários desta empresa ajudaram a controlar o fogo até a chegada dos bombeiros. A nuvem de fumaça que se alastrou rapidamente pelo céu de Guarujá e de Santos foi vista desde a Avenida Perimetral.

De acordo com informações de funcionários da Saipem do Brasil, entrevistados pela reportagem, o barco pegou fogo no meio do canal que separa a empresa e as marinas. De lá, a correnteza levou a lancha em direção à empresa. Os funcionários da Saipem utilizaram mangueiras e tentaram conter o fogo. Após isso, eles amarraram o barco no cais para conseguir apagar o incêndio, auxiliando as equipes do Corpo de Bombeiros, que chegou rapidamente ao local e controlou a situação. Mesmo com o fogo apagado, até às 18h ainda havia muita fumaça no barco. 

Nuvem de fumaça vinda do barco podia ser vista desde a Avenida Perimetral, em Santos (Foto: Luiz Torres/DL)

Segundo o tenente Cleber Prestes, do Corpo de Bombeiros do Guarujá, não havia tripulantes na embarcação. Ele conta que a lancha estava longe da atracadora, fundeada no meio do canal da marina quando o fogo começou a se alastrar. Sobre as causas do incêndio, o tenente Prestes evitou fazer conjeturas. Ele afirmou que “como não havia ninguém no barco, somente após uma perícia será possível identificar as causas do incêndio”.

Até o fechamento desta reportagem, o Corpo de Bombeiros ainda estava no local retirando a água utilizada para apagar o fogo de dentro da lancha, a fim de evitar que ela afunde devido ao peso. Ninguém ficou ferido na operação.