Baixada Santista se une contra o Aedes Aegypti

Até o próximo dia 16, cidades realizam diversas atividades que integram a 'Semana Estadual de Mobilização Social'

Comentar
Compartilhar
12 FEV 2019Por Da Reportagem09h20
Prefeituras vão orientar a população quanto à importância do descarte correto do lixo, evitando a proliferação de criadourosFoto: Nair Bueno/DL

Ao longo dos próximos dias, as cidades da Baixada Santista realizam diversas atividades de combate ao mosquito da dengue. As ações, que seguem até o dia 16, integram a “Semana Estadual de Mobilização Social contra o Aedes Aegypti”. O intuito é conscientizar a população sobre as doenças transmitidas pelo mosquito.

Três mil imóveis do bairro Castelo, na Zona Noroeste, em Santos, serão visitados amanhã por agentes de combate a endemias e agentes comunitários de saúde. O mutirão, que acontece das 8h às 17h, vai buscar possíveis focos do mosquito, além de orientar moradores para evitar água parada.

Este ano, até o momento, o município registrou 20 casos suspeitos de dengue entre residentes, com uma confirmação da doença.

Em Bertioga, durante toda a semana, a coordenadoria de Informação, Educação e Comunicação (IEC) fixará cartazes de conscientização sobre os Ecopontos da Cidade em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e em comércios; enquanto os agentes de controle de endemias orientam a população quanto à importância do descarte correto do lixo para evitar proliferação de criadouros.

No Dia D da campanha, 13 de fevereiro, a Secretaria de Serviços Urbanos realizará limpeza das margens da Rodovia Rio-Santos no bairro Chácaras. O caminhão Cata Treco também circula pelo bairro, recolhendo objetos e móveis que possam acumular água parada. No último dia da programação (16), as equipes estarão com um stand na feira livre de Boracéia para orientação e entrega de panfletos informativos à população.

Mesmo com uma queda significativa, de mais de 95% nos casos de dengue, no comparativo entre 2016 e 2018, a semana em Guarujá está voltada à prevenção e combate ao Aedes aegypti.

As ações em Guarujá prosseguem até sexta-feira (15), sempre das 9 às 15 horas. Hoje, ocorre ação educativa no Terminal Ferry Boat. Amanhã, acontece o Dia “D” de Limpeza, com ações e atividades direcionadas às margens das rodovias, para a retirada de pneus, entulhos e demais locais que podem ser propícios criadouros. Na quinta-feira (14), dois supermercados localizados no bairro da Enseada receberão as atividades. E na sexta, haverá pedágio e ação de orientação em um supermercado atacadista.

Praia Grande também já iniciou uma série de atividades de combate ao Aedes Aegypti. Hoje, será realizado um mutirão no bairro Maracanã e quem recebe a equipe de palestras são os alunos da Escola Estadual Francisco Martins dos Santos. Amanhã, é a vez dos moradores do Solemar receberem o mutirão e a equipe de mobilização. As palestras serão realizadas na Escola Estadual Julio Secco de Carvalho.

Até o momento, Praia Grande teve um caso de dengue confirmado no ­município.

 

Colunas

Contraponto