Cotidiano

Baixada Santista confirma 21 mortes por dengue

Outras 28 mortes aguardam confirmação de exames laboratoriais

Da Reportagem

Publicado em 11/06/2024 às 09:11

Atualizado em 11/06/2024 às 09:14

Comentar:

Compartilhe:

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), foram confirmados 21.627 casos de dengue na região / Secretaria do Estado de São Paulo

Nas últimas três semanas, a Baixada Santista registrou cinco novas mortes por dengue nas cidades de Mongaguá, Peruíbe, Guarujá, São Vicente e Praia Grande.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), a região chegou a 21 vítimas da doença. Outras 28 mortes aguardam confirmação de exames laboratoriais.

As prefeituras de Praia Grande e Mongaguá contestaram os números pois a primeira afirma não ter registrado nenhuma vítima da doença e a segunda nega a contagem da morte.

A Prefeitura de São Vicente registrou que a última morte da doença foi uma mulher de 59 anos. O óbito foi no dia 13 de março.

A Prefeitura de Praia Grande informou a Secretaria de Saúde que não registra a morte por dengue pois no exame feito após o óbito, deu negativo para a doença.

Já a Prefeitura de Mongaguá afirmou que o município conta com duas mortes confirmadas da doença e uma suspeita. A pasta ainda revelou que as mortes não se encaixam na descrição da doença.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), foram confirmados 21.627 casos de dengue na região, além de outros 2.592 mil suspeitos que estão sob investigação.

Em 2024, outras 28 mortes suspeitas estão sob investigação. Confira abaixo:

Cubatão: 3 mortes em investigação
Guarujá: 1 morte em investigação
Itanhaém: 7 mortes em investigação
Mongaguá: 1 morte em investigação
Peruíbe: 4 mortes em investigação
Praia Grande: 7 mortes em investigação
Santos: 4 mortes em investigação
São Vicente: 1 morte em investigação

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

De volta ao Santos? Danilo explica suas prioridades no futebol brasileiro

Jogador é capitão da Seleção Brasileira e defende as cores da Juventus (ITA)

Diário Mais

O combinado não sai caro! Entenda o que é contrato de namoro e o seu valor legal

A prática virou tendência entre famosos e pessoas anônimas

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter