Guarujá anuncia ciclofaixa na Caiçaras; avenida será revitalizada em etapas

Primeira fase das obras corresponde ao trecho da via entre a Rua Nelson José do Nascimento e a Avenida Gino Fabris

Comentar
Compartilhar
14 AGO 2020Por Da Reportagem11h49
A Avenida dos Caiçaras vai ganhar uma ciclofaixaFoto: HELDER LIMA/PMG

A Prefeitura de Guarujá vem trabalhando para aprimorar a mobilidade urbana da Cidade com a revitalização de diversas vias públicas, desde 2017. Desta vez, a Avenida dos Caiçaras será contemplada com novo asfalto e uma grande novidade: a tão-sonhada ciclofaixa. As obras na via, que é rota para as praias das Astúrias, Tombo e Guaiúba, serão executadas em duas etapas.

A primeira fase corresponde ao trecho da avenida entre a Rua Nelson José do Nascimento e a Avenida Gino Fabris. Cerca de 800 metros receberão nova pavimentação, rampas de acessibilidade, sinalização horizontal e vertical, além de ciclofaixa, um desejo antigo da população. Já a segunda, vai contemplar com os mesmos serviços no trecho entre a Rua Nelson José do Nascimento e a Avenida Miguel Alonso Gonzáles.

As intervenções serão executadas pela empresa ADR5, sob fiscalização de técnicos da Secretaria de Infraestrutura e Obras (Seinfra). O investimento é de cerca de R$ 1 milhão, provenientes de um convênio de 2017 firmado entre a Prefeitura de Guarujá e o Ministério das Cidades.

Guarujá vem aumentando consideravelmente sua malha ciclística este ano. No último mês de abril, foi implantada a ciclofaixa na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, na orla da Praia de Pitangueiras, com 1.700 metros de extensão, que começam no cruzamento com a Avenida Leomil (Centro) e seguem até a entrada da Praia da Enseada. 

 

Também está prevista a implantação de mais 300 metros de ciclofaixa, para ligar a Praia de Pitangueiras à da Enseada, totalizando dois quilômetros. Está previsto, ainda, a ligação da ciclofaixa de Pitangueiras, na altura da Praça dos Expedicionários, com a ciclofaixa da Avenida Puglisi. Nesse trecho serão mais 100 metros.

Guarujá possui cerca de 60 quilômetros de ciclovias. No último ano, a Diretoria de Trânsito (Ditran) implantou ciclofaixas na Praia das Astúrias; realizou a interligação da ciclofaixa entre Astúrias e Pitangueiras; a interligação da ciclofaixa da Praia do Tombo com as Astúrias e a implantação de ciclovia na Avenida Marjory Prado, na Praia de Pernambuco.

As equipes também revitalizaram a ciclofaixa da Praia da Enseada e da Estrada de Pernambuco; efetuaram melhorias nos novos bicicletários e ciclovia da Avenida Thiago Ferreira; revitalizaram a ciclofaixa na Avenida Puglisi e instalaram bicicletários na Praia das Astúrias e Pitangueiras.

Redução de mortes
Com investimentos, Guarujá tem reduzido o número de mortes de ciclistas. De acordo com o Infosiga-SP – Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo, a Cidade registrou em 2018 o total de oito mortes; já em 2019 foram seis, uma redução de 25%. O resultado reflete os investimentos em ciclofaixas, ciclovias e educação no trânsito.