Atividades culturais comemoram os 467 anos de Santos

As atrações incluem apresentações musicais, lançamento de livro, exposições, oficinas e exibições de cultura popular.

Comentar
Compartilhar
21 JAN 201314h26

Uma série de atividades culturais vai animar a Cidade na próxima semana, quando Santos comemora 467 anos. As atrações incluem apresentações musicais, lançamento de livro, exposições, oficinas culturais, cinema e exibições de cultura popular. Os destaques são a ‘Festa da Música de Santos’, que ocorre entre esta quinta-feira (dia 24) e domingo (27), em diferentes pontos do município; a ‘Amostra Cultural Quiloa’, entre sexta-feira (25) e domingo (27), na Praça Mauá (Centro) e na Casa da Frontaria Azulejada (Rua do Comércio, 93, também no Centro); e o lançamento do livro ‘O Dia do Amor: Diário da Ação do Coração’, neste sábado (26). Todos os eventos têm apoio da prefeitura.

‘Festa da Música de Santos’

A ‘Festa da Música de Santos’ começa com show de Danilo Caymmi & Jazz Big Band, no Teatro Coliseu (Rua Amador Bueno, 237 – Centro Histórico), dia 24, às 21h. A retirada dos ingressos gratuitos ocorre no dia 23, das 14h às 19h, na bilheteria do teatro. Serão distribuídos até dois bilhetes por pessoa.

 Dia 25, às 12h, na Praça Mauá (Centro), tem apresentação de MPB com a cantora Verônica Ferriani. À noite, às 19h, na Praça Rui Barbosa (Centro), a Roda de Samba do Ouro Verde faz exibição em tributo ao ‘Música na XV’ e, às 21h, é a vez de Digo Maransaldi & Banda comandarem o palco. Também às 21h, o Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100) recebe Filó Machado & Cibele Codonho em show que homenageia Tom Jobim. Os ingressos (dois por pessoa) devem ser adquiridos gratuitamente no dia 24, das 14h às 19h, na bilheteria do Teatro.

Danilo Caymmi se a apresentará com a Jazz Big Band. (Foto: Divulgação)

No dia 26, às 15h, a Bolsa Oficial do Café (Rua XV de Novembro, 95) recebe Maurício Fernandes Quarteto. Na Zona Noroeste, às 17h, o palco é o Instituto Arte no Dique, que traz a Banda Carlos Bronson e Coletivo Querô. Na Ponta da Praia, às 19h, a opção é o show Lula Barbosa & Amigos do Clube do Choro, com participação especial dos Meninos Chorões da Escola de Choro (Praça Luiz La Scala, no Chorinho no Aquário). Encerrando a programação do dia, às 20h, a Banda Musirama se apresenta no Parque Roberto Mário Santini (emissário submarino).

No dia 27, às 15h, a Bolsa Oficial do Café abriga concerto com o Trio Chorata. Já no Parque Roberto Mário Santini (emissário submarino), às 18h, o Grupo Zabelê de Cultura Popular mostra o swing do maracatu. Às 19h, no mesmo local, Jôh Correia e Coletivo Querô, do Instituto Arte no Dique, encerram a programação.

‘Amostra Cultural Quiloa’

As atividades da ‘Amostra Cultural Quiloa’ iniciam no dia 25, às 19h, na Casa da Frontaria Azulejada, onde ocorrem exibições de filmes e música, exposições de figurinos do maracatu e de fotos (mostrando a cultura popular), além da apresentação da cena Canção para Othelo, show do Coletivo Futuráfrica e intervenção do Maracatu Quiloa.

No dia 26, a palestra ‘A Dança do Maracatu’; as oficinas culturais Maracatu Nação - figurino, A Origem do Choro, Candombe Uruguaio – percussão e Maracatu do Baque Virado – percussão; e exibições de filmes agitam a programação, a partir das 10h. 

Ainda pelas ruas do Centro Histórico, no dia 27, o Cortejo de Maracatu do Quiloa mostra o melhor do ritmo recifense, a partir das 16h. A festa termina, na Praça Mauá, com shows de Candombe, Coletivo Futuráfica e da cantora Simone Ancelmo.

Reconhecida por seu trabalho com o samba de raiz não só na região como também no Rio de Janeiro – onde já soltou a voz em terreiros sagrados como a Estação Primeira de Mangueira e a Portela, Simone comemorou, no ano passado, 10 anos de carreira. (Foto: Divulgação)