Ataques na capital do Iraque deixam pelo menos 19 xiitas mortos

O Estado Islâmico reivindicou em comunicado a autoria do ataque, dizendo que tinha como alvos combatentes das Unidades de Mobilização Popular

Comentar
Compartilhar
12 MAI 201520h42

Ataques contra peregrinos xiitas que lembram a morte de um reverenciado imã do século 8, Moussa al-Kazim, deixaram pelo menos 19 pessoas mortas e mais de 50 feridos na capital do Iraque nesta terça-feira, segundo autoridades policiais.

O maior dos ataques ocorreu no centro de Bagdá, quando um suicida atacou fiéis que compravam alimentos e bebidas antes de voltar para a mesquita de al-Kazim, localizada no bairro de Kazimiyah.

O Estado Islâmico reivindicou em comunicado a autoria do ataque, dizendo que tinha como alvos combatentes das Unidades de Mobilização Popular, uma força predominantemente xiita que atualmente enfrenta militantes sunitas no Iraque.