Ataques aéreos deixam 71 mortos na Síria, diz organização

Helicópteros sírios lançaram bombas no bairro de al-Shaar em Alepo, matando 12 pessoas e ferindo outras 15, afirmou o grupo

Comentar
Compartilhar
30 MAI 201511h49

Bombardeios aéreos deixaram até 71 mortos em áreas controladas por militantes na região da cidade síria de Alepo, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos à agência de notícias Xinhua.

Helicópteros sírios lançaram bombas no bairro de al-Shaar em Alepo, matando 12 pessoas e ferindo outras 15, afirmou o grupo. A organização, que tem sede no Reino Unido, disse ainda que mais 59 pessoas foram mortas por ofensiva semelhante na cidade de al-Bab, que é controlada pelos militantes do Estado Islâmico na região de Alepo. O número de mortos pode aumentar, devido à elevada quantidade de pessoas criticamente feridas, acrescentou.