Ataque em restaurtante da capital do Mali deixa pelo menos 5 mortos

França e Bélgica condenaram o ataque ao restaurante La Terrasse. Os Ministérios de Relações Exteriores dos dois países confirmaram a morte de cidadãos de seus países

Comentar
Compartilhar
07 MAR 201511h46

Um ataque realizado neste sábado contra um restaurante popular entre expatriados na capital do Mali, Bamako, deixou pelo menos cinco mortos, dentre eles um francês e um belga.

França e Bélgica condenaram o ataque ao restaurante La Terrasse. Os Ministérios de Relações Exteriores dos dois países confirmaram a morte de cidadãos de seus países.

O ministro de Relações Exteriores belga, Didier Reynders, criticou o "covarde ato de terror" e seu homólogo francês Laurent Fabius declarou que "tudo deve ser feito para encontrar os responsáveis por este crime".

O gabinete do presidente francês François Hollande disse em comunicado que cinco pessoas foram mortas e outras ficaram feridas no restaurante e que a segurança havia sido reforçada nas proximidades de instalações francesas no Mali.

O documento diz que a embaixada estabeleceu uma célula para crises que vai ajudar os expatriados em Bamako. Hollande declarou que vai se reunir com o presidente do Mali, Ibrahim Boubacar Keita, para demonstrar seu apoio, assim como o líder malinês visitou Paris para mostrar sua solidariedade após o ataque ao jornal satírico Charlie Hebdo, em janeiro.

Durante uma operação militar no início de 2013, forças francesas expulsaram grande parte dos militantes ligados à Al-Qaeda que ocupavam uma grande área no nordeste do Mali. A operação militar na região continua e esporádicos combates ainda acontecem no local. Episódios de violência são raros em Bamako, apesar dos conflitos no norte do país.