Artista de Santos dá nova vida a calçados velhos; conheça a Kathelen Pupo

Santista usa tintas e muita genialidade para dar vida nova a calçados 'surrados' e desgastados pelo uso

Comentar
Compartilhar
17 ABR 2021Por LG Rodrigues07h15
Kathelen dá atenção a todos os detalhes durante trabalhoKathelen dá atenção a todos os detalhes durante trabalhoFoto: Nair Bueno/DL

Um tênis desgastado sem dúvidas é fruto de muitas memórias para seu dono, o qual quase sempre gosta de manter o calçado de tal maneira porque 'essa mancha foi daquele dia na praia' ou 'esse risco foi na aula de educação física', mas chega uma hora que não tem 'pisante' que aguenta o tranco e chega a hora derradeira de aposentar cadarços e palmilhas. Porém, e se fosse possível dar uma nova vida a aquele tênis tão inesquecível? É aí que a Kathelen Pupo, uma artista de Santos, entra na história.

Com uma mente extremamente criativa na hora de utilizar tinta para dar vida a suas obras, a santista montou uma empresa há menos de um ano especialmente para divulgar seu trabalho profissional de customização de tênis: a Arts Pupo.

A inspiração, segundo ela, é difícil de precisar de onde veio, mas a vocação de artista estava no começo da infância e deu uma esfriada por uns tempos antes de voltar com força total.

"Desde criança sempre desenhei, mas nunca em aulas de artes, essas coisas, eu desenhava em casa mesmo para brincar e eu gostava de copiar as coisas. Gostava de ficar copiando tudo, eu pegava uns baralhos e ficava desenhando igual, mas nunca tive um incentivo assim dos meus pais em relação a isso então no decorrer do tempo eu perdi o interesse e nunca mais toquei num lápis, nunca mais desenhei", afirma.

De maneira praticamente involuntária, Kathelen havia acabado de dar o primeiro passo em uma nova carreira e aquele desenho feito à mão em um dia de quarentena tinha sido o 'pontapé inicial' necessário para a artista. Ela afirma que postou seu desenho junto do da esposa nas redes sociais em uma brincadeira para que as pessoas pudessem votar em qual eles achavam melhor. Dias depois, Kathelen repetiu outra enquete, mas competindo com o cunhado e foi ali que ela decidiu criar uma conta de Instagram para divulgar seus desenhos.

"Comprei todo o material para começar a desenhar em papel e cheguei a fazer um desenho do Goku mas foi apenas desse desenho, não consegui mais pegar no lápis para desenhar em papel porque minha prima chegou e falou 'Você desenha muito bem, já tentou fazer desenho em tênis?' Eu nunca tinha ouvido falar e ela me mostrou o estilo e eu adorei e disse que achava que conseguia fazer também. Peguei um tênis velho da minha esposa aqui em casa e sei que ela gosta dos Simpsons então usei umas canetinhas permanentes mesmo e fui desenhar. Ficou muito bom e o pessoal gostou e fiz postagem onde já começaram a vir encomendas. Eu não acreditei no que estava acontecendo e depois disso eu não consegui mais parar. Todo meu material de desenho tá guardado aqui em casa porque começou a chegar encomenda em cima de encomenda e foi me surpreendendo porque eu não tinha noção do quanto que eu conseguia ainda desenhar e que eu ia agradar as pessoas porque, como eu disse, eu nunca fui incentivada então eu nunca tinha pensado por esse lado".

O resto, como muita gente costuma dizer, é história. Os clientes começaram a aparecer de tudo que é lado, com os mais diversos tipos de pedidos de artes e vários calçados diferentes. A demanda, aliás, fez com que Kathelen precisasse até mesmo montar estoque.

"A princípio, no início, a pessoa só falava o que ela queria e mandava o tênis para mim e eu desenhava. Então, hoje em dia, até pela praticidade, a gente tem um estoque agora de tênis tudo certinho para as pessoas para encomendar comigo. Elas falam numeração, o que querem e a gente faz também a parte gráfica e fecha tudo".

Quem gostou do trabalho da Kathelen e quiser um tênis novo, ou reformar um antigo, pode procura-la pelo Instagram no perfil @Arts_pupo onde todos os contatos da artista podem ser acessados.