Arte de rua toma conta do Museu da Imagem e do Som de Santos

Concebida pelo artista plástico Mid, a obra Mundo Lixo é feita com materiais descartados pela população

Comentar
Compartilhar
12 ABR 2019Por Da Reportagem00h30
Aos 24 anos, Mid conta que começou a ter contato com a arte aos 17 anosAos 24 anos, Mid conta que começou a ter contato com a arte aos 17 anosFoto: Divulgação/PMS

Uma instalação inovadora e impactante é a mais nova atração do Museu da Imagem e do Som de Santos – Miss (Avenida Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). Concebida pelo artista plástico Mid, a obra Mundo Lixo é feita com materiais descartados pela população. A abertura aconteceu na noite de quarta-feira (11), quando o artista aproveitou até para tirar notas de sua guitarra.

"Eu vim da rua, por isso, gosto de trazer esse visual para minha arte. Muita gente toma um susto, mas se as pessoas repararem bem, o que estão vendo aqui dentro não é muito diferente do que está lá fora", comenta o artista.

Aos 24 anos, Mid contou que começou a ter contato com a arte aos 17 anos, influenciado por um amigo. "Eu era um pichador e um dia encontrei alguém que me disse que eu poderia transformar isso em arte. Então, comecei a pintar e encontrei o jeito e me expressar".

Composta por 13 telas, uma série de máscaras em sacos de papel reaproveitados, desenhos, pôsteres, colagens, objetos cênicos diversos e projeções de vídeos, esta é a segunda vez que Mundo Lixo é montada. A estreia aconteceu em novembro do ano passado, no Instituto Procomum.

A instalação pode ser conferida gratuitamente até 8 maio, de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h.