Área Continental vira sede do Governo de São Vicente

Prefeito despachou na Subprefeitura e participou de cerimônia de aniversário de 108 anos da região, que conta com 11 bairros e 150 mil habitantes

Comentar
Compartilhar
19 ABR 2018Por Da Reportagem17h29
O chefe do Executivo despachou com vereadores e participou de cerimônia alusiva à dataFoto: Divulgação/PMSV

A Subprefeitura da Área Continental tornou-se sede do governo vicentino por um dia. Um decreto assinado pelo prefeito Pedro Gouvêa marcou as comemorações de 108 anos do distrito. O chefe do Executivo despachou com vereadores e participou de cerimônia alusiva à data. O evento contou com apresentações culturais de escolas da localidade.

“A perspectiva de crescimento de São Vicente passa pela Área Continental. Vamos cada vez mais fortalecer a região. Além deste decreto, assumimos o compromisso de, uma vez por mês, despacharmos daqui, atendendo a população e ouvindo as reivindicações”, afirmou o prefeito.

Pedro Gouvêa também destacou as ações da Administração na Área Continental. “Iniciamos um programa de pavimentação que vai atender especialmente a Área Continental. Demos início à duplicação da Avenida Quarentenário e entregamos duas creches. E teremos outras boas notícias”.  

O presidente da Câmara, vereador Wilson Cardoso, destacou a representatividade da Área Continental no Legislativo. “A expectativa melhorou depois da última eleição, quando elegemos seis vereadores e a vice-prefeita da região. Isso demonstra representatividade política”.

O subprefeito da Área Continental, Perivaldo Oliveira Santana, falou sobre as perspectivas para a região. “Nossa expectativa é boa. O momento atual já é melhor e muita coisa boa ainda virá”.

A líder comunitária Maria Perpétuo Socorro Ferreira Santos mora há 40 anos no Parque das Bandeiras. Assim como milhares de moradores da Área Continental deixou sua terra natal, em Minas Gerais, aos 22 anos em busca de uma vida melhor. “Quando a gente chegou aqui só existia mato e caminho para andar. Tudo mudou. Tenho uma alegria muito grande de morar aqui”, disse.

CRAS

Dentro das comemorações, a nova sede do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do Parque das Bandeiras foi entregue na manhã nesta manhã. O espaço, que fica na Rua Simão Jahjah, 351, conta com melhor infraestrutura. O equipamento atende cerca de 1,2 mil famílias por mês em situação de vulnerabilidade social.

A secretária de Assistência Social, Maria de Lourdes dos Santos Oliveira, ressaltou a importância do equipamento. “Nós já procurávamos um novo espaço para qualificar o atendimento. Estamos muito felizes em entregar esse espaço no aniversário da Área Continental. Não teria dia melhor para trazer a comunidade para essa estrutura”.

História

O crescimento da Área Continental é marcado pela chegada dos operários que construíram a ferrovia Mairinque-Santos, em 1910. O Samaritá, primeiro bairro da região, foi formado no entorno da estação ferroviária inaugurada em 1930. O crescimento populacional foi acirrado com a construção da Via Anchieta e do pólo industrial de Cubatão que atraiu milhares de migrantes, a maioria de nordestinos, para a região.

A Área Continental tem 10 bairros – 11 se computado o Japuí, que fica no continente, mas fora do distrito – e possui cerca de 150 mil habitantes. O bairro mais populoso é o Jardim Irmã Dolores, com mais de 25 mil habitantes.