Apesar de previsão, terça-feira começa com ressaca leve na região

De acordo com dados divulgados pelo Núcleo de Pesquisas Hidrodinâmicas (NPH) da Unisanta, a previsão é que o mar ficasse agitado com ondas oriundas do quadrante sul e que poderiam ultrapassar 2,5 metros.

Comentar
Compartilhar
13 AGO 2019Por Da Reportagem11h45
Leve ressaca foi registrada durante a manhã desta terça-feira em SantosFoto: Nair Bueno/DL

Apesar da previsão que o mar ficaria agitado já no começo desta semana, os moradores da Baixada Santista não enfrentaram problemas nesta terça-feira (13). De acordo com dados divulgados pelo Núcleo de Pesquisas Hidrodinâmicas (NPH) da Universidade Santa Cecília (Unisanta), a previsão é que o mar ficasse agitado com ondas oriundas do quadrante sul e que poderiam ultrapassar 2,5 metros na Baía de Santos.

Quem passou pela praia durante as primeiras horas desta terça pode ver ondas altas e o mar muito mais agitado do que nos últimos dias. Ainda assim, o fenômeno não interferiu no trânsito da região e nenhum acidente foi registrado devido à leve ressaca.

De acordo com o Plano Municipal de Contingência para Ressacas e Inundações de Santos, o estado é de atenção devido à previsão de ondas entre 2,0m e 3,0m de altura e maré acima entre 1,8m e 2,0m. Caso essa previsão se mantiver, não são esperados impactos nas estruturas urbanas devido à intensidade e direção preferencial das ondas.

No entanto, há possibilidade de alagamentos pontuais nos períodos de maré elevada, podendo se intensificar com a ocorrência de ventos locais intensos, conforme previsto pelos modelos meteorológicos.

Cabe também ressaltar que essas informações são baseadas em previsões de modelos numéricos, podendo sofrer alterações ao longo do tempo. Os pesquisadores do NPH-Unisanta e a Defesa Civil de Santos recomendam o acompanhamento das previsões oceanográficas e meteorológicas e das condições do mar nos próximos dias.