Apartamentos do Conjunto Tancredo Neves são sorteados

Segundo o secretário de Habitação, Edson Brasil, a previsão é de que a assinatura dos contratos e a entrega das chaves aconteçam até o fim de novembro

Comentar
Compartilhar
31 OUT 2017Por Da Reportagem11h10
No total, 1.120 apartamentos serão cedidos para a populaçãoFoto: Divulgação/PMSV

Quatrocentos apartamentos do Conjunto Tancredo Neves, localizados nos lotes 11, 12 e 13, foram sorteados ontem, na Câmara Municipal de São Vicente. Segundo o secretário de Habitação, Edson Brasil, a previsão é de que a assinatura dos contratos e a entrega das chaves aconteçam até o fim de novembro para que “todas as famílias comecem o ano com o pé direito”.

A cada nome sorteado, as pessoas reagiam com palmas, gritaria e assovios para os contemplados com o direito de escolher seu novo apartamento.

Dona Evane Dorea, de 66 anos, afirmou que entrará em sua residência com “os dois pés juntos”, porque só o direito não seria suficiente para tamanha felicidade.

Uma sala, dois quartos, cozinha e banheiro. O que pode ser considerado um apartamento “pequeno” e talvez “padrão” para algumas pessoas, é um sonho sendo realizado na vida de muitas. Como por exemplo, a Dona Nesita Maria, de 55 anos. Ela veio de Caruaru (PE) com 22 anos, casada, cheia de esperanças e objetivos, entre os quais o da casa própria para a família que estava constituindo. Hoje, mora num barraco na Vila Margarida, mas a previsão é de que até o fim de novembro a situação será diferente, pois serão entregues as chaves do apartamento, agora no Bairro Tancredo Neves, na unidade 22 do conjunto 1.

“Em um primeiro momento vamos eu e meu marido, mas agora com um espaço maior, a ideia é que meu filho também venha morar com a gente, ter a família toda reunida me deixa muito feliz”.

Moradora do bairro Rio Branco, ela está em São Vicente há mais de 30 anos. Ela conta que nesse tempo todo passou por muitas situações difíceis, mas afirma nunca ter perdido a esperança e está se sentindo totalmente realizada com sua casa nova.

No total, 1.120 apartamentos serão cedidos para a população, sendo que os lotes 10 e 14 ainda não foram sorteados.

A expectativa passa a ser com referência ao lote 10. Segundo o secretário, a documentação foi enviada à Caixa Econômica Federal, em Campinas, onde são feitas as análises técnicas.

Sobre o lote 14, a Caixa e a Sehab trabalham para concluir a documentação até a próxima semana. Assim que a documentação dos lotes 10 e 14 retornarem, o sorteio das unidades será ­agendado.