'Aparentemente não foi homicídio', diz delegado

Alexandre Magno Abrão, o Chorão, foi encontrado morto em seu apartamento em Pinheiros na madrugada desta quarta-feira (6)

Comentar
Compartilhar
06 MAR 201310h04

Em entrevista concedida nesta quarta-feira (6), o delegado Itagiba Franco afirmou que o cantor Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr., não parece ter sido assassinado. Segundo o delegado, a equipe da banda tentava localizar o cantor desde as 12h desta terça-feira (5). Só na madrugada desta quarta, um segurança e o motorista do cantor foram até seu apartamento, em Pinheiros, na zona oeste da capital, onde encontraram o corpo.

O delegado ainda afirmou que, de acordo com pessoas próximas à família,  Chorão passava por um período de desgaste e depressão devido à separação da mulher.

A Polícia Civil foi ao local para realizar o trabalho de perícia e encontraram o corpo sem marcas aparentes.

O caso

Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr, foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (6) em seu apartamento em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo. Ele tinha 42 anos. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Alexandre Magno Abrão, Chorão, foi encontrado desacordado pelo seu motorista, que acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que ao chegar ao local, constatou que ele já estava morto.

Chorão foi o único integrante do Charlie Brown Jr que não saiu da banda (Foto: Divulgação)

Por volta das 6h30, policiais civis e militares e peritos estavam no prédio do cantor.

Todos os membros da banda são naturais da cidade de Santos, exceto o vocalista Chorão, que nasceu em São Paulo, e  foi o único integrante do Charlie Brown Jr que permaneceu na banda em todas as fases.

Em 15 anos de carreira, a banda lançou dez discos, segundo o site oficial do grupo. O grupo vendeu 5 milhões de cópias.

Foramada em 1992, em Santos, o Charlie Brown Jr, é uma banda de rock, que mistura vários ritmos como o hardcore, o reggae, o rap e o skate punk, criando um estilo próprio. Suas letras fazem críticas à sociedade.