X
Cotidiano

Anvisa proíbe restaurantes de usar carne de três frigoríficos investigados

Na semana passada, a Secretaria Nacional do Consumidor impôs o recolhimento de toda a carne e derivados produzidos nessas unidades

Bares e restaurantes estão impedidos de comercializar carnes e outros produtos de quatro unidades das empresas / Divulgação

Após terem sido alvo de recall, três frigoríficos citados na Operação Carne Fraca tiveram seus produtos interditados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (28).

Com a interdição, bares e restaurantes estão impedidos de comercializar carnes e outros produtos de quatro unidades das empresas Transmeat, Souza Ramos e Peccin por três meses.

A resolução proibindo a comercialização e o preparo das carnes oriundas desses estabelecimentos foi publicada no Diário Oficial da União.

Na semana passada, a Secretaria Nacional do Consumidor impôs o recolhimento de toda a carne e derivados produzidos nessas unidades. Eles fazem parte dos 21 frigoríficos investigados na operação da Polícia Federal que apura suspeitas de maquiagem no processamento de carnes e o suborno de fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Esta tarde, o recall dos produtos das Transmeat e Souza Ramos foi suspenso por dez dias.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Sindical e Previdência

INSS: 8 mitos e verdades sobre o auxílio-doença

Segundo dados fornecidos pelo INSS, do total de 39,3 milhões de pedidos de benefícios previdenciários recusados entre 2010 e 2020, quase 21 milhões foram de auxílio-doença

Cotidiano

Obras em rede de drenagem interditam trecho de avenida no Estuário, a partir desta segunda

A companhia alerta os motoristas para que fiquem atentos à sinalização a ser feita ao longo do desvio, pois em alguns pontos haverá necessidade de restrição de estacionamento visando garantir a fluidez

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software