Anunciada nova fase do Meta 30, em Santos

Paulo Alexandre Barbosa garante que novos serviços começarão já no mês de junho, após a escolha das empresas vencedoras de pregão

Comentar
Compartilhar
23 MAI 2017Por Da Reportagem10h50
Prefeito Paulo Alexandre participou de coletiva ontem nas dependências da Beneficência PortuguesaPrefeito Paulo Alexandre participou de coletiva ontem nas dependências da Beneficência PortuguesaFoto: Rodrigo Montaldi/DL

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) lançou ontem de manhã, nas dependências da Beneficência Portuguesa, a etapa do Programa Meta 30, que visa contratar empresas para a realização de exames de oftalmologia e gastroenterologia. No último dia 19, foram lançados os avisos de editais de licitação para contratação via pregão.

O Meta 30 foi lançado pela Prefeitura no final de fevereiro deste ano e iniciado a partir de março. Ele visa reduzir o tempo de espera dos pacientes da rede municipal de saúde que aguardam serviços de especialidades.

Na área de oftalmologia serão 12 tipos de exames, até o limite de 8.500 diagnósticos e cinco tipos de procedimentos, totalizando 2.500 cirurgias ambulatoriais, pelo período de um ano. No caso de gastroenterologia, estão previstos até três mil exames de endoscopia e mil colonoscopias, num período de até 12 meses. Os recursos – R$ 2,5 milhões – serão do Fundo Municipal de Saúde, proveniente de repasses federais para assistência de alta e média complexidade.

Os valores unitários de referência da licitação de oftalmologia são os da tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). Já os de gastroenterologia terão como base orçamentos obtidos de empresas atuantes no mercado. Os exames e procedimentos serão realizados em locais de fácil acesso à população.

“Vamos começar a atuar já em junho. Em oito dias úteis (até dia 1 de junho) teremos o certame e, nos próximos 30 dias, contrato assinado para iniciarmos a prestação de serviços. Vai vencer a licitação quem apresentar melhor preço à Prefeitura”, disse o prefeito.

O secretário de Saúde, Fábio Alexandre Fernandez Ferraz, revelou que a parceria com a Beneficência Portuguesa já foi responsável por 896 exames de eletrocardiogramas e 355 testes ergométricos dos pacientes da rede. A meta é dois mil e 500 testes, respectivamente.

“Vamos agora para mais duas áreas. Essa semana, criamos novo procedimento na Central de Agendamento que é o Integra Saúde. Montamos uma sala que está unificando uniformizando a agenda. Já iniciamos a estruturação do novo prédio do Ambulatório de Especialidades (Ambesp), que será na Avenida Ana Costa”, adiantou.