Antonieta reforça solicitação de segurança ao secretário estadual Fernando Grella

O 58o. Congresso Estadual dos Municípios aconteceu em Campos do Jordão

Comentar
Compartilhar
25 MAR 201412h20

Diante dos fatos ocorridos na última semana, a prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, reforçou pessoalmente ao secretário estadual de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, que o efetivo da Cidade seja ampliado para garantir mais segurança aos munícipes de Guarujá e Vicente de Carvalho.

Antonieta e o secretário participam do 58o. Congresso Estadual dos Municípios, em Campos do Jordão, e a chefe do Executivo aproveitou o encontro para cobrar novamente do Estado uma postura mais efetiva em relação à criminalidade no Município. Como terceira Tesoureira da Associação Paulista dos Municípios (APM), Antonieta compôs mesa junto com o secretário.

A chefe do Executivo salienta que, apesar do combate ao crime estar sob a responsabilidade do Governo do Estado, o Município tem feito gestões para garantir a segurança da população. Antonieta esteve, no dia 29 de janeiro, com o governador do Estado, Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Na oportunidade, a chefe do Executivo guaruajense levou ao governador ofício, solicitando o aumento do efetivo de policiais militares que atuam em Guarujá. “A Cidade precisa de mais 150 homens, pois os 300 que temos também atuam em Cubatão, Bertioga, além de Monte Cabrão e Caruara, que pertencem a Santos”, explicou.

58o. Congresso Estadual (Foto: Divulgação/PMG)

Posteriormente, reforçando o pleito de Antonieta, o vice-prefeito Duino Verri Fernandes e o Legislativo Municipal, com apoio de deputados estaduais, retornaram ao Palácio dos Bandeirantes em 26 de fevereiro. Na ocasião, o secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo afirmou que Guarujá ganhará mais policiais militares em sua Companhia depois da contratação de 6 mil novos policiais, dentro do plano de segurança do Estado.

Ainda naquilo que compete ao Município em relação à segurança primária, Guarujá foi a primeira Cidade da Região a assinar convênio com o Governo Federal para desenvolvimento do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Além disso, quatro guardas municipais da Cidade participaram do Curso Nacional de Multiplicador de Polícia Comunitária, que capacitou guardas civis municipais para atuarem no programa “Crack, é possível vencer”, ao qual o Município também aderiu.

Em relação ao trabalho conjunto com a Polícia Militar, Guarujá ampliou o número dos equipamentos de câmeras de monitoramento e atualmente conta com 58 câmeras nas vias públicas e 1.465, que fazem a fiscalização em todos os próprios públicos municipais. O objetivo do monitoramento é que os equipamentos auxiliem na segurança, prevenção, fiscalização em geral e no trânsito. O acompanhamento é feito por agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar, que se revezam em equipes e turnos de trabalho, fazendo o monitoramento 24 horas.

Em parceria com Movimento Brasil Competitivo – MBC, Guarujá está desenvolvendo projeto piloto de segurança que será implantado na região da Enseada.