Ano-novo tem número menor de mortes nas rodovias federais

Entre 28 de dezembro de 2012 e 2 de janeiro de 2013, o número de mortes caiu 12% na comparação com o ano anterior.

Comentar
Compartilhar
03 JAN 201319h40

O número de mortes nas rodovias federais durante o feriado prolongado de fim de ano, entre 28 de dezembro de 2012 e 2 de janeiro de 2013, caiu 12% na comparação com o ano anterior. Foram 126 mortes contra 133 registradas no período anterior.

O número de acidentes também diminuiu. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) anotou 2.842 acidentes ante 3.481, uma redução de 24%. No caso dos feridos, a queda foi 28%, passando de 2.195 para 1.698.

De acordo com balanço da PRF divulgado hoje (3), a imprudência continua sendo o principal problema nas estradas. As ultrapassagens proibidas e o excesso de velocidade foram responsáveis pela metade das mortes nos acidentes registrados. O cansaço também foi apontado pelo órgão como uma importante causa: 43% dos acidentes com mortes ocorreram em viagens noturnas, no horário das 20h e às 6h.

Durante o ano-novo foram fiscalizados mais de 131 mil veículos, contabilizadas 36.279 autuações, recolhidas 945 carteiras de habilitação e retidos 1.717 veículos.

Dados de janeiro a setembro de 2012