Anatel simplifica regras para prestação do serviço de banda larga fixa

Essas empresas deverão apenas se registrar junto à agência e atualizar as informações anualmente

Comentar
Compartilhar
02 JUL 2017Por Folhapress20h30
Segundo a Anatel, as ações fazem parte de um conjunto de medidas de simplificação regulatóriaSegundo a Anatel, as ações fazem parte de um conjunto de medidas de simplificação regulatóriaFoto: Divulgação

As empresas com menos de cinco mil usuários que utilizam cabo de cobre, fibra ótica ou radiação restrita não vão mais precisar obter autorização para prestar serviços de banda larga fixa. A mudança foi aprovada pela ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações). Essas empresas deverão apenas se registrar junto à agência e atualizar as informações anualmente. As informações são da Agência Brasil.

Mesmo com a dispensa da autorização, os prestadores do serviço de banda larga fixa devem atender às outras condições exigidas pela regulamentação, como as regras de qualidade. Segundo a Anatel, as ações fazem parte de um conjunto de medidas de simplificação regulatória que devem entrar em vigência em cerca de 60 dias.