Ana Parteira, uma nobre representante da história de Guarujá

A mais conhecida parteira do Município ajudou trazer ao mundo mais de 3.000 crianças e será homenageada ao nomear a nova maternidade da Cidade

Comentar
Compartilhar
07 MAI 201410h42

Dentre os muitos personagens que fazem parte da história de Guarujá há uma mulher que se destaca pelo fato de ter praticado um dos mais nobres ofícios: ajudar mães a dar a luz e trazer ao mundo um novo ser. A mais conhecida parteira do Município, Ana Fernandes de Freitas, ou simplesmente Ana Parteira, como era conhecida, será eternizada ao dar nome à nova maternidade da Cidade, a Maternidade Ana Parteira.

Nascida na cidade do Porto, Portugal, em 1900, Ana Parteira chegou ao Brasil em 1913. Moradora de Vicente de Carvalho, na Rua Itapema, formou-se como farmacêutica e enfermeira, além de parteira. Esta última marcaria sua história no Município. Por suas mãos nasceram mais de 3.000 crianças, o que a tornou uma das responsáveis pela natalidade do distrito de Vicente de Carvalho.

Naquela época não havia estradas ligando Guarujá à Vicente de Carvalho e sua importância era evidenciada ao ser buscada pela Maria Fumaça, sem vagões, para atender gestantes. Um trabalho que demandava tempo, dedicação e amor e que foi muito bem executado por Ana Parteira.

A parteira foi, também, proprietária de uma das primeiras farmácias de Vicente de Carvalho, a Farmácia Nossa Senhora do Carmo. No local desempenhava a função de farmacêutica, atendendo à população local.

Lembrada até hoje pelo trabalho realizado em Guarujá, Ana Parteira faleceu aos 88 anos, em 1988. Está sepultada no cemitério de Vicente de Carvalho, distrito onde residiu 60 anos de sua vida.