X
Cotidiano

Aluno da rede municipal de São Vicente coleciona medalhas no xadrez

Raul Martins está no 9º ano e busca no esporte a possibilidade de uma bolsa de estudos para o Ensino Médio

Divulgação/PMSV

Cursando o 9º ano da EMEF Carolina Dantas, o enxadrista Raul Martins (15 anos) está tendo um ano repleto de conquistas. Foram cinco medalhas em menos de seis meses, além de um grande desempenho no Campeonato Paulista de Menores. Mais ainda: a escola municipal onde estuda em São Vicente viabilizou a sua filiação na Federação Paulista e na Confederação Brasileira de Xadrez, credenciando-o para competições estaduais e nacionais com os melhores jogadores do País.

Feliz com os bons resultados e percebendo uma evolução contínua de desempenho, o aluno vicentino afirma que permanece se empenhando e estudando, para, quem sabe, ter uma profissão relacionada ao esporte que pratica. “O xadrez mostra muitas coisas para mim além da competição, como a dedicação e o raciocínio matemático. Não é só uma questão de jogar, é ficar motivado para outras coisas do dia a dia”. 

O bom desempenho não é de agora. Faz alguns anos que o estudante preenche a prateleira de casa, no bairro Catiapoã, com medalhas e troféus. Para aprender a dança das peças sobre o tabuleiro, ele conta com a ajuda do professor de Língua Portuguesa, Armando Figueiredo dos Santos, que também dá aulas de xadrez na EMEF Carolina Dantas, o que “ajuda a manter o foco nas aulas e vislumbrar estratégias”, salienta o professor, que introduziu Raul no xadrez no 5º ano, quando ainda estudava na EMEF Octávio de Césare, também no Catiapoã. Neste processo de evolução, hoje treina pelo Clube de Xadrez de Santos.

“O Raul sempre foi um jovem grandioso em suas conquistas. Ama estudar no Carolina Dantas, o que nos deixa envaidecidos”, orgulha-se a diretora Eliana Veríssimo. 

FUTURO - Prestes a concluir o 9º ano, o enxadrista vislumbra a próxima etapa na vida escolar e busca, por meio do xadrez, obter uma bolsa de estudos para o Ensino Médio. A sua professora de Arte, Renata Verçosa, montou um portifólio digital, com o vasto currículo do jovem promissor.

BALANÇO - A mais recente conquista de Raul foi no dia 5 de junho,  quando obteve o bronze no 2º Torneio de Xadrez da Família Petrobras, disputado por jovens, adultos e veteranos. Foram duas medalhas em menos de três meses na mesma competição: em 26 de março, ele já havia obtido a prata na 1ª edição. O ouro também pesou no pescoço de Raul três vezes - duas delas no mesmo dia: em 30 de abril sagrou-se campeão do Torneio de Xadrez Caça Talentos, disputado na UME Cidade de Santos (em Santos), e no Torneio Regional Absoluto Quinzenal e On line – R4LW. Já em  28 de maio, recebeu o troféu de campeão após vencer as cinco partidas no Circuito Metropolitano Xadrez Escolar, no Colégio Objetivo, em Santos, derrotando outros competidores de escolas públicas e particulares.

No âmbito estadual, 2022 marcou a estreia  no Campeonato Paulista de Menores, ficando em 9º lugar no Estado na categoria sub-16 - o melhor desempenho entre competidores da Baixada Santista. A disputa de dois dias foi aberta no aniversário do jovem vicentino, em 14 de maio, “o que, para ele, foi um presente estar lá no campeonato”, comentou a mãe, Carla Fraguas.
 
Também este ano, foi agraciado com uma carta de reconhecimento do prefeito vicentino. “Raul, sucesso em sua jornada! Acredito nos seus sonhos! Um abraço, do seu amigo Kayo Amado”.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Ação da Receita Federal e da PF termina com 498 kg de cocaína apreendidas no Porto de Santos

A droga estava escondida em uma carga de açúcar

Praia Grande

Caminhada da Adoção pretende mobilizar pessoas e informar sobre o tema

Evento acontecerá no dia 10 de julho, na praia do Bairro Canto do Forte, em Praia Grande

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software