Alfabetização em Guarujá é ampliada

Guarujá amplia programa de alfabetização

Comentar
Compartilhar
03 MAR 201300h25

Guarujá tem 305 mil habitantes, com um índice de 17 mil analfabetos. Em 2005, a Prefeitura deu início ao Programa Brasil Alfabetizado, em convênio com o Governo Federal (que custeia o projeto), com a colaboração do Rotary Clube. O programa que já alfabetizou 1.502 pessoas terá a colaboração de mais dois rotarys do Município, conforme anunciou o prefeito Farid Madi, na manhã de ontem, em seu gabinete. 

“Pretendemos ampliar o projeto atendendo mais pessoas para reduzir o índice de analfabetismo na Cidade que é um problema não só de Guarujá, mas do Brasil como um todo”, afirmou o prefeito Farid Madi.

O secretário de Educação de Guarujá, Mohamad Abdul Rahim, disse que o curso é aberto a pessoas a partir de 15 anos de idade. “O curso é realizado em cerca de 98 núcleos na Cidade — associações de bairro e paróquias. O curso não é promovido em escolas para evitar constrangimento para as pessoas mais velhas que podem se sentir mais à vontade, estudando na sua própria comunidade”, observou Rahim.

De acordo com o secretário, o período de aulas é de oito meses e os alfabetizadores são remunerados com R$ 120 mais R$ 7 por cada aluno matriculado em seu núcleo. Cada núcleo oferece 15 vagas.

Segundo o secretário, vagas para novas turmas serão abertas a partir de abril, após a conclusão do curso das turmas atuais. Entre os frequentadores dos cursos, a maior parte é de adultos e idosos, além de jovens que também se interessam.

O secretário esclarece que os interessados podem se matricular nos núcleos onde as aulas estiverem acontecendo. A dona de casa, Maria Inez Gomes da Silva, alfabetizada no ano passado, disse que conquistou sua independência quando aprendeu a ler e a escrever. “Agora posso ir ao banco sozinha, ao mercado ver os preços das coisas, sem depender da companhia da minha filha. Isso é muito bom. Agradeço principalmente às professoras do projeto que me deram a oportunidade de me alfabetizar”, disse a dona de casa de 70 anos de idade.