Alckmin vai incluir mais nomes em pedido de reparação

O governador entrou com a ação de reparação contra a Siemens em outubro, após a revelação de que a empresa havia feito acordo de leniência com o Cade

Comentar
Compartilhar
08 NOV 201311h58

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse que pediu à Procuradoria-Geral do Estado a inclusão, na ação que apresentou à Justiça contra a Siemens, de nomes de mais empresas suspeitas de formar cartel para obter contratos no setor metroferroviário e de energia em São Paulo.

Segundo reportagem publicada nesta quinta pelo jornal Folha de S.Paulo, a Justiça cobrou do governador tucano a citação de outras empresas além da Siemens no texto da ação, já que, para se configurar um cartel, é preciso de uma associação empresarial. "Pedi ao procurador-geral para que verifique. Se puder já incluir na inicial, será incluso", disse.

Alckmin entrou com a ação de reparação contra a Siemens em outubro, após a revelação de que a empresa havia feito acordo de leniência com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) no qual admitiu acerto prévio entre concorrentes de licitações.

Alckmin disse que pediu à Procuradoria-Geral do Estado a inclusão de nomes de mais empresas suspeitas de formar cartel para obter contratos no setor metroferroviário e de energia em SP (Foto: Divulgação)