Alça da Anchieta é liberada ao tráfego

Trecho da pista sul é o primeiro a ser concluído das obras que eliminarão gargalos na Baixada Santista

Comentar
Compartilhar
22 DEZ 201301h29

Os motoristas que vão seguir para o Litoral Sul nesse final de ano já poderão utilizar a alça recém-construída pela Ecovias no acesso da Anchieta para a Rodovia Padre Manoel da Nóbrega. O trecho localizado no km 55 da Via Anchieta foi liberado ontem às 14h e é primeiro a ser concluído no conjunto de obras que compreende a implantação do anel viário de Cubatão.

Com 300 metros de extensão, a alça evita que os usuários que descerem a serra pela Anchieta tenham que fazer um giro completo no trevo para acessar a Rodovia Padre Manoel da Nóbrega no sentido Praia, Itanhaém, Mongaguá e Peruíbe. O alívio pode ser sentido principalmente em dias de operação descida (7x3), quando as duas pistas da Anchieta funcionam no sentido do Litoral.

Os serviços fazem parte do pacote de R$ 328 milhões (valores com base em julho/2011) que ampliará a capacidade de tráfego na região. No pacote, está incluída a construção do anel viário de Cubatão e a implantação de terceiras faixas nos dois sentidos da Rodovia Cônego Domenico Rangoni entre o km 270, no entroncamento com a Anchieta, ao km 262, no Polo Industrial de Cubatão. A previsão é de que todos os trabalhos estejam concluídos até setembro de 2014.

Operação Verão

Iniciada na última quinta- feira, dia 19, a Operação Verão da Ecovias se estenderá até o dia 24 de fevereiro. Nesse período, a concessionária estima que até 4,4 milhões de veículos circulem pelo Sistema Anchieta-Imigrantes na direção da Baixada Santista.

Anel viário dá acesso à Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (Foto: Luiz Torres/DL)

A expectativa da concessionária é de que o tráfego aumente, sobretudo, no período das festas de final de ano. Na semana do Natal, entre os dias 20 e 26 de dezembro, são esperados entre 340 e 490 mil veículos, enquanto na semana do Ano Novo, de 27 de dezembro a 2 de janeiro, a estimativa é de que entre 455 a 690 mil veículos sigam em direção às praias da Baixada Santista.

Nesse período, não haverá obras com interdições de faixa de tráfego nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes. Mesmo no conjunto das obras do anel viário, apenas serão realizados serviços em áreas adjacentes à rodovia, sem qualquer impacto no tráfego.