Aeronave chinesa localiza três objetos flutuando no Oceano Índico

Segundo autoridades dos países que participam das buscas, ainda não está claro se são de fato destroços do avião da Malaysia Airlines que sumiu

Comentar
Compartilhar
29 MAR 201411h32

Um avião chinês que sobrevoava neste sábado as áreas de busca pelo avião da Malaysia Airlines desaparecido localizou objetos flutuando na água no sul do Oceano Índico, incluindo dois com as cores da aeronave. Mas, segundo autoridades dos países que participam das buscas, ainda não está claro se são de fato destroços do avião que sumiu.

Segundo a agência de notícias oficial da China Xinhua, a aeronave Ilyushin IL-76 detectou três objetos flutuantes, um dia depois de vários aviões e navios que varriam a nova área de buscas, mais próxima do continente australiano, terem avistado outros objetos.

O ministro da Defesa e dos Transportes da Malásia, Hishammuddin Hussein, disse a repórteres perto de Kuala Lumpur, depois de se reunir com várias famílias de passageiros do avião, que não há nenhuma nova informação sobre os objetos localizados na sexta-feira, que podem tanto ser lixo no mar como destroços do Boeing. "Eu tenho de esperar para receber os relatórios se esses objetos foram recuperados. Eles nos darão alguma indicação", disse Hishammuddin, que visitou os parentes dos passageiros e tripulantes acompanhado da mulher e dos filhos em um hotel em Putrajaya, na Malásia.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines sumiu há três semanas (Foto: Associated Press)

A Autoridade de Segurança Marítima da Austrália afirmou que os objetos não podem ser confirmados ou descartados como sendo do Boeing da Malaysia Airlines até que sejam reencontrados e recuperados por navios. "Não se sabe quantos detritos, como de atividades de pesca, estão nesse local normalmente. Pelo menos um objeto característico de pesca foi identificado", destacou a agência.

Os três objetos vistos pelo avião chinês hoje tinham cores branca, vermelha e laranja, de acordo com a Xinhua. Branco e vermelho estão entre as cores do exterior do avião desaparecido

O Boeing 777 da Malaysia Airlines sumiu há três semanas, no dia 8 de março, quando fazia o voo MH370 de Kuala Lumpur a Pequim, com 239 pessoas a bordo.