Adolescentes são convocados para vacinação contra o HPV em Santos

Na Cidade, o público-alvo é formado por 20.428 jovens, sendo 12.596 meninas e 7.832 meninos

Comentar
Compartilhar
13 SET 2018Por Da Reportagem09h30
A imunização é para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14A imunização é para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14Foto: Divulgação/PMS

O Ministério da Saúde está convocando os adolescentes para a vacinação contra o HPV (papilomavírus humano), que ajuda a prevenir verrugas genitais e vários tipos de câncer (colo de útero, vulva, pênis, entre outros). A imunização, para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14, é oferecida em Santos de segunda a sexta, das 9h às 16h, em 28 policlínicas (ver abaixo).

Na Cidade, o público-alvo é formado por 20.428 jovens, sendo 12.596 meninas e 7.832 meninos. Em 2018 (janeiro a agosto), foram aplicadas 7.587 doses da vacina contra o HPV em adolescentes. Entre as meninas de 9 a 14 anos foram 2.067 vacinadas com a primeira dose (cobertura de 16,4%) e 1.648 vacinadas com a segunda dose (13%). Já entre os meninos de 11 a 14 anos, 2.028 tomaram a primeira dose (25,8%) e 1.844 a segunda dose (23,5%).

De acordo com o calendário nacional de vacinação, as doses contra o HPV estão disponíveis durante todo o ano para as crianças e adolescentes da faixa etária. Para ficar protegido são necessárias duas doses, com intervalo de seis meses.

"O indicado é que a proteção esteja garantida antes do início da vida sexual, evitando o contágio de diversas graves doenças no futuro", explica a chefe do Departamento de Vigilância em Saúde, Ana Paula Valeiras.

Saúde na Escola

Para sensibilizar os pais e responsáveis dos estudantes da rede municipal, o Programa Saúde na Escola, parceria entre as secretarias de Saúde e Educação, capacitou cerca de 100 profissionais nesta terça (11) no auditório da Seduc (Centro).

Houve palestra com o responsável da Central de Imunização da Prefeitura, Alex Charleaux Amorim, com a participação de orientadores educacionais, técnicos e enfermeiros, médicos e agentes comunitários de saúde da rede de atenção básica. Os agentes multiplicadores receberam materiais informativos e irão ajudar na conscientização da comunidade escolar.

Postos de Vacinação

Orla

Aparecida - Av. Pedro Lessa, 1.728

Campo Grande - Rua Carvalho de Mendonça, 607

Embaré - Praça Coronel Fernando Prestes s/nº

Gonzaga - Rua Assis Correia, 17

José Menino / Pompeia - Avenida Floriano Peixoto, 201

Ponta da Praia - Praça 1º de Maio s/nº

Centro/Área Continental

Conselheiro Nébias - Av. Conselheiro Nébias, 514 – Encruzilhada

Vila Mathias - Rua Xavier Pinheiro, 284 - Encruzilhada

Vila Nova - Praça Iguatemi Martins s/nº

Caruara - Rua Andrade Soares s/nº

Martins Fontes – Rua Luiza Macuco, 40 – Vila Mathias

Monte Cabrão – Rua Principal s/n°

Zona Noroeste

Alemoa e Chico de Paula- Praça Guilherme Délius s/nº - Alemoa

Bom Retiro- Rua João Fraccaroli s/nº

Rádio Clube - Avenida Hugo Maia s/nº

São Manoel - Praça Nicolau Geraigire s/nº - São Manoel

São Jorge e Caneleira - Rua Francisco Ferreira Canto, 351 - São Jorge

Castelo - Rua Francisco de Barros Melo, 184

Morros

Marapé - Rua São Judas Tadeu, 115

Nova Cintra - Rua José Ozéas Barbosa s/nº

São Bento - Rua das Pedras s/nº

Valongo - Rua Prof. Maria Neusa Cunha s/nº - Saboó

Morro do José Menino - Rua Doutor Carlos Alberto Curado, 77 A

Jabaquara – Rua Rangel Pestana, 475

Morro Santa Maria – Rua Um s/n°

Vila Progresso – Rua Três, casas 1 e 2 – Vila Telma

Morro da Penha – Rua Três, 150

Monte Serrat - Praça Correia de Melo s/n°