Acidente em refinaria na Bahia deixa três feridos

Um trabalhador terceirizado sofreu queimaduras no rosto e fraturas nas pernas ao cair de uma altura de dois metros na tentativa de escapar do acidente

Comentar
Compartilhar
13 DEZ 201321h02

Três funcionários da Refinaria Landulfo Alves (Rlam), na Bahia, ficaram feridos nesta quinta-feira, 12, após dois acidentes na unidade U-6, de craqueamento catalítico. Segundo denúncia do Sindicado dos Petroleiros da Bahia (Sindpetro-Ba), a unidade passava por uma parada de manutenção quando fagulhas provocadas pela retirada de resíduos provocou um incêndio de médias proporções na unidade.

Um trabalhador terceirizado sofreu queimaduras no rosto e fraturas nas pernas ao cair de uma altura de dois metros na tentativa de escapar do acidente. Ele continua internado, mas não corre risco de morte. Outro trabalhador, técnico em segurança, que dava assistência ao acidente, também sofreu uma queda e teve lesões sem gravidade.

No dia anterior, na mesma unidade de processamento, outro funcionário terceirizado foi atingido por um jato de vapor durante a operação de limpeza de uma tubulação. Ele teve queimadura de segundo grau e segue internado no Hospital de Medicina Humana de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador.

As causas dos acidentes ainda estão sendo investigadas. Até o momento, a Petrobras não se manifestou sobre o acidente. Este é o quarto acidente em refinarias desde o final de novembro. No último dia 28, um incêndio atingiu a Repar, em Araucária, no Paraná - responsável por 10% da produção nacional. A refinaria está completamente parada e a Petrobrás estima que a produção seja retomada no dia 17.