Aceg pede esclarecimentos às autoridades sobre Operação Verão

A reunião está prevista para as 10 horas, na sede da ACEG, localizada na Rua Buenos Aires, 148, próximo ao Hospital Santo Amaro

Comentar
Compartilhar
17 FEV 201319h24

A Associação Comercial de Guarujá (ACEG) se reúne hoje com autoridades da Prefeitura Municipal e polícias Militar e Civil para discutir a segurança durante a Temporada de Verão. A reunião está prevista para as 10 horas, na sede da ACEG, localizada na Rua Buenos Aires, 148, próximo ao Hospital Santo Amaro.

Segundo o presidente da ACEG, Marcelo Stuque, o setor quer esclarecimentos sobre o esquema de segurança para a Operação Verão, uma vez que a Cidade chega a receber cerca de 1.200 milhão turistas e veranistas. “Nós queremos saber quantos policiais militares farão a segurança e sobre o funcionamento das câmeras de monitoramento da Cidade”.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado ainda não informou de quanto será o efetivo da Polícia Militar que atuará na Baixada Santista. Há informações extra-oficiais de que o número de policiais militares que descerão para a Região será inferior ao contingente enviado no Verão passado.

De acordo com Stuque, a Polícia Militar já confirmou presença na reunião. Devem participar ainda representantes das secretarias municipais e da Guarda Municipal.

Para discutir os principais problemas de segurança e sugerir medidas preventivas foram convocados para esta reunião o prefeito Farid Said Madi, a prefeita eleita Maria Antonieta de Brito, o tenente-major do 21º BPMI Edinaldo Cirino dos Santos, o 1º tenente da Delegacia de Polícia de Vicente de Carvalho Sérgio Candim, o delegado de Polícia de Guarujá Cláudio Rossi, a diretora da Guarda Municipal Valéria de Amorim, a secretária municipal de Ação Social Cecília Cagnacci, o secretário municipal Aprígio Carlos da Silva Neto, o diretor do Conselho de Segurança (Conseg) da Enseada José Eduardo Cruz, o diretor do Conseg de Vicente de Carvalho Francisco Martins, o diretor do Conseg do Centro de Guarujá Aurélio Fernandes e o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas Vagner Lino de Freitas.