Abandono de animais cresce em época de férias em São Vicente

Número de pets deixados nas ruas da cidade neste período do ano cresce cerca de 30%

Comentar
Compartilhar
19 JUL 2018Por Da Reportagem20h00
Para quem quer adotar um animal, é preciso ir até o Departamento de Controle de ZoonosesPara quem quer adotar um animal, é preciso ir até o Departamento de Controle de ZoonosesFoto: Agência Brasil

O abandono de animais é maior no período de férias. Segundo o Departamento de Controle de Zoonoses de São Vicente, nesta época do ano, o número de pets deixados nas ruas cresce cerca de 30%.

“A única forma de reverter este cenário é divulgando a importância da posse responsável. A expectativa é que o número de adoções também aumente nas férias”, explica Kleber Souza Costa, chefe de departamento de Zoonoses.

O Departamento de Controle de Zoonoses de São Vicente possui 40 vagas para cães e 20 para gatos. Esses animais são recolhidos das ruas, castrados e vacinados. O espaço não tem a função de abrigo. Após um período, os pets são devolvidos para o mesmo local de recolhimento.

“Trabalhamos por solicitação, a pessoa liga e a equipe avalia. Damos preferência a animais machucados e sempre verificando um espaço de acomodação destes animais”, explica Kleber.

Para quem quer adotar um animal, é preciso ir até o Departamento de Controle de Zoonoses (Rua Catalão, 530, na Vila Voturuá) das 9 às 17h e levar o comprovante de residência e RG. O interessado também assina um termo de adoção.

Outra opção é ir até a feira de adoção realizada por munícipes todos os sábados na Praça Coronel José Lopes, no Centro, das 9 às 15h.