55 trabalhadores são desligados

Eles não estavam cumprindo o que determina o contrato, que é atuar nas frentes de trabalho, em serviços gerais de rua

Comentar
Compartilhar
25 FEV 201321h52

Cinquenta e cinco trabalhadores da frente de trabalho do Programa Feliz Cidade de Auxílio Desemprego tiveram seus contratos rescindidos no último Sábado, pela Secretaria de Administrações Regionais de Guarujá.

Segundo informou a Prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, “as rescisões foram necessárias em função da ausência constante dos servidores nos locais de trabalho.  Eles não estavam cumprindo o que determina o contrato, que é atuar nas frentes de trabalho, em serviços gerais de rua.

A maioria estava faltando muito ao serviço; outros não queriam trabalhar na rua e estava havendo excesso na apresentação de atestado médico — quando na verdade esse procedimento não cabe a esse tipo de contrato, já que os trabalhadores não tem vínculo empregatício com a Prefeitura”.

A Secretaria de Administrações Regionais, que comanda os contatados do Programa, informou que os trabalhadores que tiveram os contratos rescindidos serão substituídos.