16º Réveillon na Paulista terá esquema especial com CET e metrô

Cerca de 2,5 milhões de pessoas esperadas para o Réveillon na Capital.

Comentar
Compartilhar
27 DEZ 201221h50

Para quem mora na Baixada Santista, e pretende passar o Réveillon na Avenida Paulista, em São Paulo, os organizadores do 16º Réveillon na Paulista montaram um esquema com a CET e o metrô. Confira abaixo os detalhes de funcionamento e as dicas para deixar a festa ainda mais especial.

Metrô

Durante o dia 31 de dezembro e toda a madrugada de 1º de janeiro, o metrô operará ininterruptamente nas linhas 1-Azul (Jabaquara - Tucuruvi), 2-Verde (Vila Prudente - Vila Madalena), 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera - Palmeiras/Barra Funda) e 4-Amarela (embarque e desembarque na Estação Paulista e demais estações somente desembarque, ininterrupto).

As estações das linhas estarão abertas para embarque e desembarque até às 2 horas da manhã. Na Linha 2-Verde, após esse horário, as estações Paraíso, Brigadeiro e Consolação ficarão abertas para embarque e desembarque, enquanto as demais funcionarão somente para desembarque. Já a estação Trianon-Masp será fechada às 18 horas do dia 31 e reaberta às 4h40 do dia 1º.

A frota de trens será reforçada e haverá aumento do efetivo de agentes de segurança e de funcionários nas estações. A orientação do Metrô é de que os usuários adquiram antecipadamente seu bilhete, evitando filas nas bilheterias e tornando mais rápido o acesso às plataformas das estações, tanto na ida quanto na volta.

O Metrô é uma excelente opção de transporte e local ideal para pontos de encontro. No entanto, a orientação é de que devem ser utilizados os seus acessos externos para estes encontros, evitando permanecer dentro das estações para não atrapalhar o fluxo de passageiros.

A previsão de liberação total das vias é a partir das 8 horas da terça-feira, 1º de janeiro (Foto: Divulgação)

CET

A operação especial de trânsito para o Réveillon na Paulista, montada pela Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (CET) terá início a partir da meia-noite do dia 31 de dezembro com a interdição no sentido Consolação, entre as ruas Teixeira da Silva e Frei Caneca e os cruzamentos das alamedas Ministro Rocha Azevedo e Campinas. Durante a modificação do trânsito local serão utilizados 2.350 cavaletes, 183 faixas e banners de orientação, 2.250 metros de gradis para a operação e 174 agentes de trânsito operarão o tráfego do local.

A partir das 15 horas, ocorre a interdição dos cruzamentos da Avenida Paulista realizado pelas ruas Pamplona, Peixoto Gomide e Alameda Casa Branca e a partir das 16 horas, interdição das transposições na Avenida Paulista pela Alameda Joaquim  Eugênio de Lima e Avenida Brigadeiro Luís Antônio.

Às 17h30, a Avenida Paulista será interditada no sentido Consolação, entre as ruas Teixeira da Silva e Augusta; e no sentido Paraíso, entre as ruas Haddock Lobo, Augusta e Maria Figueiredo; interdição também da Alameda Santos, entre a Rua Padre João Manuel e Avenida Brigadeiro Luís Antônio, preservado o tráfego local.

A CET ainda alerta que a Avenida Brigadeiro Luis Antônio não estará liberada para cruzar a Avenida Paulista durante o evento do Réveillon. Serão mantidas liberadas para cruzamento somente as ruas Bela Cintra, Augusta, Carlos Sampaio/Maria Figueiredo e Teixeira da Silva.

A previsão de liberação total das vias é a partir das 8 horas da terça-feira, 1º de janeiro.

Serviços

Para proporcionar conforto e praticidade aos visitantes, mais de 80 pontos de alimentação garantem opções para comer e beber, que poderão ser pagas com cartões de crédito ou débito.

Além disso, os participantes terão à disposição banheiros químicos e ambulatórios equipados com UTI móvel, médicos e enfermeiros em pontos estratégicos. Pessoas com mobilidade reduzida também têm lugar garantido, posicionado próximo ao palco com acesso lateral pela Rua Ministro Rocha Azevedo.