Governo SP

Contraponto

  •  

    Cobrou secretário

    “Enviamos emenda para este ano também para a climatização das Unidades de Saúde dos Morros”, disse o vereador Lincoln Reis (PR) ao secretário de Saúde de Santos, Fábio Ferraz. Ambos estiveram visitando as obras de adequação na policlínica do Porto (Rua General Câmara, 507). A unidade, com previsão para finalização das obras no mês de março, ganhará equipamentos de acessibilidade, além de ter melhor estrutura para receber a base do Consultório na Rua, programa da Saúde que atende a população de rua. “Destinamos verba parlamentar para esta obra. A ideia sempre é usar este recurso financeiro para resolver problemas pontuais, que muitas vezes só no contato com a comunidade enxergamos”, declarou o parlamentar durante a visita. O investimento é de R$ 123 mil.

  •  

    Santa Maria

    Amanhã será realizada reunião sobre regularização fundiária e urbanística do Morro Santa Maria, voltada a representantes da Comissão de Urbanização e Legalização e moradores da Zona Especial de Interesse Social (Zeis 1), Pantanal de Cima. Serão tratadas questões que envolvem o processo de regularização da área, com a presença do representante do Ministério Público Estadual. O evento será às 19 horas, no salão da Igreja Assembleia de Deus (Rua Oito, 740).

  •  

    Dois mandatos

    A Mesa Diretora do Legislativo Municipal de Praia Grande entrará para a história do Município. Além do presidente Ednaldo dos Santos Passos, o Reco (SD), ser reeleito por unanimidade pelo colegiado da Casa, ele será o primeiro a presidir a Câmara por dois mandatos consecutivos, gestão 2017/2018 e 2019 a 2020. O parlamentar que presidiu por duas vezes o Legislativo foi Edson Milan em dois mandatos como vereador, o primeiro com a gestão de 1995 a 1996 e o segundo em 2003 a 2004.

  •  

    Saiu da CDHU

    O Advogado, ex vereador e pré candidato a Prefeito de Itanhaém, César Augusto de Souza Ferreira - Cesinha (PSB), oficializou o desligamento da gerência da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU) na Baixada Santista e da Secretaria de Habitação do Governo do Estado de São Paulo.

  •  

    Ai se pudesse

    Depois de ter alegado meritocracia em relação ao filho, Antônio Hamilton Rossell Mourão, por ter ganhado o cargo de assessor especial de novo presidente do Banco do Brasil, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) resolveu levantar mais polêmica no Governo Jair Bolsonaro ao dizer o seguinte: “se eu pudesse, teria o meu filho na minha equipe”. Vale lembrar que o filho de Mourão trabalhava há 19 anos no banco estatal e tinha um salário de aproximadamente R$ 12 mil. Agora, passou a ganhar R$ 37,5 mil.

  • terça
    15 de janeiro
  •  

    Quem será?

    A Contraponto obteve a informação esta semana que o secretário de Saúde, Fábio Ferraz, e o de Governo, Rogério Santos, seriam os dois nomes que estariam dividindo a preferência do prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) como futuros candidatos a ocupar a cadeira de prefeito de Santos a partir de 2021. Ambos terão um grande adversário: Kenny Mendes (PP), que não confirma uma futura candidatura, mas também não nega.  

     

  •  

    Quem não se comunica

    Levantamento feito pelo vereador Bruno Orlandi (PSDB) apontou um dado questionável sobre o Orçamento de Santos para este ano. Segundo ele, pastas importantes como Segurança e Esportes receberão cerca de R$ 3 milhões. De acordo com o parlamentar, o valor é quase um terço do montante que será destinado à Comunicação, mais de R$ 11 milhões no mesmo período.

  •  

    Divulgar e realizar

    “Há pontos (do Orçamento) que merecem atenção. A Prefeitura ainda poderá distribuir R$ 240 milhões entre suas pastas em 2019 e nós esperamos que isso seja feito de forma coerente. Muito mais importante que divulgar, é realizar”, afirma o ­parlamentar.

  •  

    Mogoados

    A MSC Cruzeiros ficou numa “sinuca de bico” por ter convidado apenas o prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) para a inauguração do MSC Seaview no Brasil, o maior e mais moderno transatlântico a navegar pela costa brasileira em toda a história. Segundo informações, por se considerarem também autoridades do Município, os vereadores fizeram uma monção de repudio e a MSC teve que convidá-los para conhecer o navio. 

  •  

    E a tarifa

    Enquanto os vereadores se preocupam com “rapapés” em navio, a população santista acordou no último domingo pagando R$ R$ 4,30 a tarifa do transporte público. Um aumento de R$ 0,25 por viagem, que no final do mês afeta o bolso do trabalhador. Por enquanto, só a vereadora Telma de Souza (PT) questionou a Administração.

  •  

    Isso pode, Arnaldo?

    A superintendência do Ibama no Rio anulou uma multa ambiental de R$ 10 mil que havia sido aplicada em 2012 ao presidente Jair Bolsonaro por pesca irregular em Angra dos Reis, na Costa Verde. A decisão foi tomada em 20 de dezembro, quando ele ainda não havia assumido a Presidência. A Advocacia-Geral da União (AGU) sustentou que Bolsonaro não teve direito à ampla defesa no processo. Será que o Ibama ou a AGU terão este mesmo entendimento para o cidadão comum que pesca irregularmente no litoral brasileiro.

     

Colunas

Contraponto