Legislação

Comentar
Compartilhar
09 JUL 2019Por Da Reportagem00h00

O objetivo é que esse programa vire lei federal e seja implantado em todo o Brasil. Rosana é autora do requerimento para a realização da audiência. "Os homens que já passaram pelo projeto apresentam índice de reincidência extremamente baixo, de apenas 1%. É um programa preventivo voluntário que dialoga com o agressor", defende a parlamentar. A responsável pela Delegacia da Mulher em Diadema (SP), Renata Cruppi, é a idealizadora do projeto. A delegada entende que a orientação e acompanhamento psicológico evita que homens voltem a agredir suas companheiras.

Colunas

Contraponto