FEMINICIDIO

Fogos

Comentar
Compartilhar
16 ABR 2019Por Da Reportagem00h00

Ainda em Guarujá, foi aprovado o projeto de lei 013/2019, de autoria do vereador Pastor Sargento Marcos (PSB), que proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos de artifícios, que produzam ruídos, assim como de qualquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro. O parlamentar argumenta que a proibição visa o bem estar de idosos, doentes, bebês, crianças e animais que sofrem com os estouros e estampidos. "Quem possui animais é testemunha do terror que esses fogos representam a eles. Muita gente, inclusive, passa as datas festivas em casa para minimizar esse estresse em seus bichos". Propostas semelhantes já tramitaram na Câmara do vereador Bispo Mauro (PRB) e do vereador Carlos Eduardo Vargas (PSB), que também dispunha sobre a proibição da queima de fogos de artifícios barulhentos.

Colunas

Contraponto