Contraponto

Nova pesquisa da o tom da corrida eleitoral

Estimativas foram divulgadas no primeiro dia de julho

LG Rodrigues

Publicado em 02/07/2024 às 07:00

Atualizado em 02/07/2024 às 09:12

Comentar:

Compartilhe:

Praia Grande e São Vicente mantém candidatos / ARQUIVO/AGÊNCIA BRASIL

Pesquisas. Uma nova rodada de levantamentos eleitorais foi divulgada ontem (1º) por parte da Badra Pesquisas.

São Vicente. Para surpresa apenas de eventuais pessoas que possam ter acordado recentemente de um longo coma, a situação na primeira vila do Brasil é de campeonato resolvido antes mesmo do apito inicial do árbitro. Kayo Amado surge com 81,3% de intenções de votos no cenário estimulado e é seguido de muito longe por Rosana Caruso (4,5%), Coronel Magno Julião (1,5%), Marcelo Rocha (1,5%), Rui Elizeu (0,2%) e Ricardo Fargnoli (0,2%), os votos brancos, nulos e indecisos são 5,4% em cada.

Guarujá. Em contrapartida, em Guarujá, a Pérola do Atlântico pode estar às vésperas do retorno de um velho conhecido. No cenário estimulado, Farid Madi surge líder com 42,3% de intenções de votos, bem à frente de Raphael Vitiello, com 17,5%, e Marcelo Pepe, que alcançou 9%. O trio é seguido por Thaís Margarido (3,4%), Toninho Salgado (3,3%), Claudio Fernando (3,1%), Naldo Perequê (2,7%), Edilson Dias (2,3%), Marcelo Mariano (2%), Nicolaci (2%) e Adilson de Jesus (1,6%). Os votos brancos e nulos são 2,8% e os indecisos são 5,8%.

Praia Grande. Assim como em São Vicente, PG também não deve ter grandes surpresas ao que tudo indica. Alberto Mourão surge como franco favorito na pesquisa da Badra alcançando 66,3% das intenções de voto. Ele é seguido por Danilo Morgado (16,5%), Lissandro (6,1%) e Danilo Sugoi (1,4%).

Santos 1. Por fim, a grande incógnita das eleições municipais segue sendo a 'capital informal' da Baixada Santista. No primeiro cenário pesquisado pela Badra, o ex-prefeito de Santos e atual deputado federal, Paulo Alexandre Barbosa, lidera com 36,8% no cenário estimulado e ele é seguido por Rosana Valle, com 29,7% e o atual prefeito Rogério Santos, que alcança 14,1%. Na sequência, vêm Telma de Souza, com 11,2% e Débora Camilo, com 1,7%. Os votos brancos e nulos são 3,6% e os indecisos somam 2,8%.

Santos 2. Em um segundo cenário, esse sem o atual prefeito, a diferença entre PAB e Rosana cresce de 7,1 para 12,8 pontos. Neste caso, Paulo Alexandre Barbosa tem a preferência de 45% dos eleitores entrevistados, enquanto Rosana Valle chega a 32,2% e Telma de Souza tem ligeira melhora, indo a 12,4%, enquanto Débora Camilo também cresce, indo a 2%. Neste caso, os votos brancos e nulos vão a 4,4% e os indecisos somam 3,9%.

Santos 3. Fechando os cenários, num caso de PAB não participar da disputa, Rosana Valle e Rogério Santos têm empate técnico. A candidata de Bolsonaro vai a 34,9% e o nome forte de Barbosa fica com 32,4%. Telma de Souza vai a 14% neste cenário e Débora Camilo fica com 2,1%. Curiosamente, neste caso os votos brancos e nulos crescem, indo a 6,2%, mas os indecisos disparam, superando a marca de dez pontos, somando 10,5%.

X1. Mas e o segundo turno? Neste caso Rosana Valle tem novo empate técnico contra Rogério Santos. Ela soma 41,9% das intenções de votos, e ele atinge a marca de 38,3%, estando ambos dentro da margem de erro de 2,5%. Neste cenário, os indecisos são 12% e os votos brancos e nulos são 7,8%. Já contra Paulo Alexandre Barbosa, Rosana seria derrotada se a pesquisa se confirmar. PAB tem preferência de 51,7% dos eleitores entrevistados e Rosana alcança 35%. Neste caso, os votos brancos e nulos são 6,2% e os indecisos são 7,1%.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Santos terá museu de artes plásticas com entrada gratuita; veja

A expectativa é que obras de Nuno Ramos, Jarbas Lopes e Sergio Romagnolo cheguem a cidade

Diário Mais

Artista usa inteligência artificial e emociona ao mostrar como estariam os Mamonas hoje

Grupo musical morreu em trágico acidente aéreo em 2 de março de 1996

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter